Gibis, tokusatsus, cinema e cultura pop em geral
 
InícioInício  Blog  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Mangá nacional, síndrome do espelhinho...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Quiof
Tia do Batemá
avatar

Mensagens : 281
Data de inscrição : 20/09/2010

MensagemAssunto: Mangá nacional, síndrome do espelhinho...    Dom 25 Mar - 9:20

Citação :
Navegantes,
Este post já foi comentado por muitas pessoas em fóruns, grupos e afins. Inclusive por mim, acho que aqui e em outros lugares. É uma reflexão para que se tenha cuidado da parte dos realizadores. A questão do mangá nacional ou o tal "estilo mangá".
Por que nenhum mangá deu certo no Brasil? Não... não pensemos em Turma da Mônica Jovem ou Luluzinha, que têm o "respaldo" das versões originais clássicas em suas costas. Digo o mangá original, inédito... feito aqui em terras tupiniquins.
Bem, temos alguns fatores a pensar. Primeiro: brasileiro não dá valor ao próprio produto nacional. Se tiver que escolher, vai escolher um mangá "made in Japan". É cultural, algo muito maior, mais intenso e que só mudará (se um dia mudar...) em décadas ou séculos. Somos um país relativamente novo, ainda com fortes influências das "metrópoles". "Síndrome do espelhinho", sabe... Tipo, "a novidade que vem de fora é melhor e muito legal para nos satisfazer"! Ou seja, este é o fator mais difícil e cavernoso para conseguirmos ultrapassar tal barreira.
Outro ponto: falta de interesse das grandes editoras no lançamento de mangás nacionais. Motivo: prejuízo. Sim, mangás nacionais dão prejuízo e nenhuma delas que arcar com tal possibilidade. Tipo: "minha empresa não vai tirar um pouco da grana de um mega hit para arcar com um mangá nacional". Isso é um fato? É. Não pense que sua editora preferida pensa diferente disso. Elas poderiam arcar sim, mas, não querem.
Além da questão financeira, o fato é que não temos, realmente, um editor de mangás. Sério. Para ser um editor de mangás é necessário enxergar tendências, ver possibilidades e dar certa "liberdade" aos autores. Infelizmente, não temos uma figura assim no mercado. E o principal motivo é justamente enxergar o que realmente brasileiro gosta. Daí, alia-se a falta de conhecimento do próprio mercado a questão financeira acima e pronto: temos o contexto ideal para que as grandes editoras e seus funcionários não produzam mangá nacional. Nos poucos casos que vemos de mangá nacional, editores dão tantos "pitacos", autores aceitam tanto que só saem "pérolas"...
E as editoras deveriam produzir? Sim, seguindo a lógica da Cauda Longa, deveriam sim. É necessário haver um "mainstream" para que depois hajam os produtos segmentados. Entretanto, nunca houve um mainstream de mangá nacional. Algumas pessoas falam muito da Cauda Longa (favor ler o livro de mesmo título), mas esquecem que a tal cauda se forma desta maneira.
Mas, não é só isso. Há um fator que é extremamente incômodo aos criadores. A mediocridade de suas próprias obras. Sério, para que alguém vai ler uma história que é praticamente uma cópia mal escrita de outra? De personagens que fazem caras e bocas de mau, bom... shounens mal acabados que falam de samurais e afins? Tipo... samurai no Brasil? Ou pirata, ou criaturas com youkais e por aí afora? Gente, acorda!!!
Estamos no Brasil. Isso tudo fica muito fake. Não somos japoneses e não tenho a intensidade da cultura deles, logo, não temos domínio da intensidade do que realmente representa tudo isso. Tudo isso faz sentido quando lemos um mangá deles, porque temos uma "fantasia" da cultura dos caras. Querer transferir para a nossa? Daí saem aberrações que não vão agradar.
Fora isso, parece que (sério), alguns autores só leem mangás. Quantos leram Alexandre Dumas, Julio Verne ou um Machado de Assis? Ou até mesmo autores recentes como Paula Pimenta? Esta última, faz muito sucesso junto ao público teen com seus livros... Ou seja, para mim, fica a impressão que autor de mangá nacional só lê mangá, só vê anime. O desprezo para com outros estilos e linguagens é tão grande, que acham que é "blasfemia".
Vejo também que autor de mangá no Brasil tem preconceito quando ao estilo infantil, um dos que poderiam dar alguma grana. E, curiosamente, ao estilo humor. Brasileiro faz tanta piadinha com tantos assuntos, mas, para transcrever isso em um mangá ninguém consegue... Isso é meio estranho.
Assim, vemos que há muitos fatores desfavoráveis. O que poderia ajudar em alguma mudançazinha seria justamente a internet, um meio de divulgação interessante para novos autores. Entretanto, caímos justamente no fator acima, de história pífias, sem graça, sem sentido e sem humor.
Por fim, voltando a editora, ou as que almejam ser... Esta história do "faz depois a gente vê". Cara, desculpe, quem já participou de algum projeto supostamente grande deve já ter lido algo do tipo... Gente, quem tem interesse real em produzir algo VAI TAMBÉM OFERECER ALGO (vulgo grana) REAL. Não vai deixar o assunto "para depois". Se deixar, desconfie. Se é para fazer praticamente de graça, faça sozinho e joga na internet. Ao menos, você, autor, terá controle sobre sua obra.
Isso é muito cruel. Mas, é a pura verdade. Sinceramente, não vejo muito futuro nestas histórias de mangá nacional. Ninguém está disposto a meter a mão no bolso (vide editoras mainstream) ou a enxergar, nossas falhas, nossos acertos (vide autores). Ou seja, nossa própria cultura! Autores de mangás acham que por ser mangá, tudo deve ser feito integralmente como é feito lá. E não é bem assim. Se alguém ai tiver interesse, vai procurar o que é o termo "Anhangabaú". Talvez, perceba que daria uma baita história...
Hoje, eu diria aos interessados em fazer mangá nacional: vivam de qualquer outra coisa na vida para ganhar grana. E... façam um trabalho interessante e joguem na net. Não tentem sonhar muito com este meio, porque por hora, não há futuro. Não com a atual configuração a qual estamos inseridos.
Não desistam de seus sonhos. Realizem-nos, mas de uma forma realmene sensata.
http://www.papodebudega.com/2012/03/manga-nacional-sindrome-do-espelhinho.html
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 

Mangá nacional, síndrome do espelhinho...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Clock Up :: Principal :: Serginho Groisman-
criar um fórum | © phpBB | Fórum grátis de ajuda | Fale conosco | Assinalar uma queixa | Criar um fórum