Gibis, tokusatsus, cinema e cultura pop em geral
 
InícioInício  Blog  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Recruta Zero reload

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Dr-Peste
Fazendeiro da Semana
avatar

Mensagens : 137
Data de inscrição : 17/10/2010
Localização : Sampa-Peste

MensagemAssunto: Recruta Zero reload   Qui 8 Mar - 23:53

Essa semana comprei nas bancas o nº 1 do Recruta Zero , por puro susto de vê-la nas bancas.
Não pude deixar de lembrar das críticas do Bk sobre estas exumações nas hqs, mas ao menos é em formatinho e papel jornal , e o Jota ficava puto era com encadernados filhadaputescamente caros que são lançados por aqui com este material mais "clássico"

Parece que Lulu e Bolinha originais devem ter dado pé, para que a Pixel (Ediouro) traga estes outros revivals à tona.

http://www.universohq.com/quadrinhos/2012/n28022012_09.cfm

Trata-se na maior parte de compilação de tiras de jornais.
O lado bom é que, embora haja alguns personagens e tiras infantilóides, o material não é exatamente voltado para crianças, já que temos também Hagar , o horrível, e as piadinhas "sexicistas" do general Dureza e a maravilhosa dona Tetê.

Há vários outros personagens e o preço(R$4,50) está dentro do aceitável para 65 páginas coloridas.
O lado ruim é que a seleção de tiras desta edição não foi das melhores. A revista até começa promissora com o eterno duelo Zero vs sargentoTainha, mas depois cai.
Mesmo as tiras do Hagar , que é um personagem que eu curto, não estão no seu melhor e são bem fracas.

As demais lembram aquele humor classe média americano dos jornais que parece inteligível fora da terra do tio Sam.
A melhor parte fica mesmo por conta das(poucas) tiras do General Dureza e Dona Tetê Punheta
Por mim a revista podia ser toda com eles.

Apesar do número 1 meia sola , torço para que a iniciativa vingue e se multiplique, pois existem poucas opções fora da esfera da hq infantil.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://docpeste.wordpress.com/
Ricardol
Convidado
avatar


MensagemAssunto: Novidades Pixel   Seg 7 Jan - 20:32

Trazer clássicos deve ter dado certo para a Pixel, depois do Recruta Zero, de Luluzinha e Bolinha, eles trouxeram de volta Popeye, Riquinho e Gasparzinho e agora para 2013 estão trazendo de volta ele:



Detalhe nas Revistas da Luluzinha e do Riquinho elas também estão aparecendo em histórias curtas:

Voltar ao Topo Ir em baixo
Quiof
Tia do Batemá
avatar

Mensagens : 281
Data de inscrição : 20/09/2010

MensagemAssunto: Re: Recruta Zero reload   Seg 7 Jan - 21:51

Luluzinha, Riquinho, Gasparzinho, Turok, entre outros, fazem parte da Dreaworks Classsics, ano passado a Dreamworks comprou a Classic Media e adquiriu vários desses personagens:
http://en.wikipedia.org/wiki/DreamWorks_Classics
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kamen Rider
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 1528
Data de inscrição : 19/09/2010

MensagemAssunto: Re: Recruta Zero reload   Seg 7 Jan - 22:28

Quiof escreveu:
Luluzinha, Riquinho, Gasparzinho, Turok, entre outros, fazem parte da Dreaworks Classsics

Ou sejE, a Pixel deve ser obrigada por contrato a publicar essas coisas pra poder fazer a versão teen da Lulu.

_________________
"Quando ouço falar da cultura brasileira, já saco meu rolo de papel higiênico"

Olavo de Carvalho.


Compre aqui sua camiseta de tokusatsu

http://www.vitrinepix.com.br/clockup
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://clock-up.forum-livre.com
Quiof
Tia do Batemá
avatar

Mensagens : 281
Data de inscrição : 20/09/2010

MensagemAssunto: Re: Recruta Zero reload   Ter 8 Jan - 10:10

eu não duvido, apesar de eles colocarem tiras da King Features.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dr-Peste
Fazendeiro da Semana
avatar

Mensagens : 137
Data de inscrição : 17/10/2010
Localização : Sampa-Peste

MensagemAssunto: Re: Recruta Zero reload   Qui 10 Jan - 1:33

Até é possível que tenha rolado uma obrigação contratual pra que lançassem a Lulu clássica em algum momento, pois é coisa comum no mercado e já aconteceu antes.
Mas a verdade é que é pouco provável que uma editora lançasse tantos títulos por mera obrigação.

Seguindo Lulu vieram ( a óbvia) revista do Bolinha, Riquinho , Gasparzinho , Recruta Zero e Popeye .
Se fosse apenas obrigação todos estariam enfiados em um almanaque bimestral ou semestral pra cumprir tabela.

Mas a verdade é que se não fosse por estes (Re) lançamentos a divisão Pixel Media estaria restrita unicamente a se agarrar ao galho da Lulu teen
Aliás, foi o que fizeram por um bom tempo, pois , como devo ter sérios distúrbios psicológicos , tive a falta de vergonha de fuçar o checklist do UHQ .

Luluteen lançada em junho de 2009 foi o único título da divisão pixel media ,até abril de 2011 com o lançamento de Lulu clássica.
Antes disto a Pixel era um traço na lista.
http://www.universohq.com/quadrinhos/checklist_junho2009.cfm#pixel
http://www.universohq.com/quadrinhos/checklist_abril2011.cfm#pixel

A Pixel é uma continuação da intentona da Ediouro no mundo das hqs.
A Ediouro começou cheia de pose e moral publicando hq europeia cool, descolada e desconhecida como aquela saga do rei Artur e Aquablue.


Deu com os burros n’água nas e ressurgiu em parceria com André Forestiere, já sob o selo Pixel, novamente cheia de bossa e ginga, com títulos do selo Vertigo e Wildstorm, que como sabemos, hoje estão todos no balaio da Panini.

Dá pra ver que, mesmo que tenha havido qualquer obrigação em lançar algo da Lulu, parece ser mais uma mudança de estratégia mesmo, que por sinal tá funcionando.
Se a Lulu original conseguiu esquentar a farofa pra Luluteen , que nada tem a ver com a personagem clássica fora o nome,fazendo muito pai desavisado comprar a revista para seus filhos, era algo meio lógico que o próprio produto original teria algum retorno de mídia e vendas.

Outro ponto é que além do mercado infantil ser muito atrativo, estes personagens devem ter o preço de seus direitos tremendamente mais em conta do que em seus tempos de glória, por diversas razões:
Quem já leu um destes gibis perceberá que a hq mais nova deve ter sido produzida há umas 4 décadas.
A concorrência com produtos mais recentes deve ser tremenda, ainda mais em meio a globalização em que o inimigo vem dos quatro cantos do globo.

Para os detentores originais dos direitos sobre os personagens é interessante que os mesmos voltem a circular, pois isso reacende o interesse em licenciamentos, que é de onde vem o tutú de verdade.

Então a Pixel deve estar comprando estas hqs a preço de irmão e até agora , caso a coisa não venha dando um lucro fantástico, ao menos está compensando.
Se bobear , até o Espírito-que-anda voltará do limbo um dia qualquer.

Mas ver o Brazinha retornando a este mundo ,assombrado pelo pensamento de manada conduzida por Edir Macedo e RR Soares , não tem preço.
Tomará que ele espete o Cu , o CU do Smilinguido com seu tridente!!! cheers cheers cheers

No aguardo de alguma campanha imbecil no facebook ,feita por certo povo "iluminado",contra o personagem ... Neutral
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://docpeste.wordpress.com/
Quiof
Tia do Batemá
avatar

Mensagens : 281
Data de inscrição : 20/09/2010

MensagemAssunto: Re: Recruta Zero reload   Qui 10 Jan - 12:05

apesar que a editora lança uns encalhernados com duas ou três revistas. não sei como é a verba, se ela anunciar no Gloob e na Band, canais onde passa o Popeye, pode ajudar nas vendas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ricardol
Convidado
avatar


MensagemAssunto: Pixel Media   Qui 10 Jan - 18:44

Falando em projetos estranhos envolvendo Gasparzinho, Luíza e Brasinha, em 2009 foi lançado nos EUA, em comemoração aos 60 anos do Gasparzinho, essa mini-série WTF:



O traço não deve agradar a muita gente já que foi mangalizado e os personagens desenhados como adolescentes, só não sei como foi seu desempenho nos EUA. E o roteiro da mini-série era mais ou menos isso:

Spoiler:
 

Pelo menos foi isso que cometaram na época que essa mini saiu lá nos EUA e pelo que vi da primeira edição o roteiro era bem isso mesmo, eis os responsáveis por essa mini-série:

Voltar ao Topo Ir em baixo
Dr-Peste
Fazendeiro da Semana
avatar

Mensagens : 137
Data de inscrição : 17/10/2010
Localização : Sampa-Peste

MensagemAssunto: Re: Recruta Zero reload   Sex 11 Jan - 22:48

Quiof escreveu:
apesar que a editora lança uns encalhernados com duas ou três revistas. não sei como é a verba, se ela anunciar no Gloob e na Band, canais onde passa o Popeye, pode ajudar nas vendas.
Pois é, também vi estes "encalhernados" da Lulu/Bolinha, e eles nem disfarçam que são encalhes, já que têm as capas originais dentro da capa do "almanaque"
Realmente é suspeito, pois embora seja tradicional meter material antigo em almanaques(até Mauríção faz isso) para economizar na produção artística(desenho), esta de meter dois gibis dentro de uma mesma capa lembra aqueles pacotes com dois ou mais gibis(Maurição também já fez isto) com uma tira escrita Promoção, dois gibis por "tanto dindin$".

Normalmente dá a entender que as coisas não vão bem,pois é encalhe, mas não necessariamente pode ser assim.
Pois como eu disse, Mauriça já fez/faz isso,pois até em supermercados eu vi promoções de gibis antigos do Mauriça com duas edições por um preço mais camarada(se não me engano nas lojas Americanas)

É uma estratégia de realmente tornar o produto popular. Quem acompanha/coleciona o gibi vai seguindo a numeração de banca.
Quem quer só ler de uma enfiada algum passa tempo não se importa de esperar dois meses. ou ler material requentado.
Talvez seja o raspar do tacho para pegar os retardatários do eixo Rio/Sampa, com o rizoto que sobra da distribuição setorizada.
Mas humildemente confesso minha ignorância já que atuo na área das suposições.

Mas é pouco provável que os gringos obrigassem a pixel a lançar Lulu/Bolinha,Gasparzinho, Riquinho e agora Brasinha unicamente pra renovar um contrato de LuluTeen.
Todo mundo quer ganhar um dinheirinho e Luluteen já garante algum.
O relançamento destes outros também e tanto os detentores dos direitos quanto a Pixel querem mais é ver o barquinho navegando e não indo à pique, pois os gringos sabem que este personagens já circularam por aqui com sucesso, mas também sabem que foram cancelados, que o mercado de quadrinhos já não é aquela belezura e que a concorrência interna é "Mauriciadoramente" forte.

Se a tal Dreaworks Classsics botar muitas exigências sobre os ombros da Pixel , que enfrenta um Maurição, tudo vai pro buraco e ninguém tem nada a ganhar com isso, já que Mau tem a vantagem de produzir com conhecimento do terreno, com os canais de distribuição e impressão bem azeitados.

Já o material da King Features deve ter sido comprado mesmo no famoso pacotão.
Só isso pra justificar tiras fraquíssimas e desconhecidas como os da "Arca e os bichos" ao lado de Recruta Zero e Hagar do primeiro número.
Mas deu uma melhorada boa , pois comprei a última edição (nº6) e não tinha mais a tal Arca e os bichos, Os lixeiros , Zé Fumaça e outras bagaceiras.
As piadas do Zero e Hagar estavam no padrão que se espera dos personagens. Sam e Silo, outra tira da coletânea ,vai bem ao gosto do humor nacional, tiração de sarro em cima de autoridades.
Crock e os legionários também estavam na média e Popeye dá as caras em duas rápidas páginas.

Deram uma mancada na ordem das tiras do Zero na página 8 , mas no geral é um bom custo/benefício pra que curte tiras , o público que os conhece de jornais por exemplo deve gostar, pois tem quem compra jornal esporadicamente,não podendo acompanhar todas as tiras do personagem.
Esse material também é mais recente, ao contrário das 3 décadas da linha infantil/Harvey comics, com tiras de 2012/2011, aproveitando tiradas como a da crise econômica.
Ainda destoam do resto do material as tiras da Zezé, mas sei lá... Suspect tem quem goste.

Ricardol escreveu:
Falando em projetos estranhos envolvendo Gasparzinho, Luíza e Brasinha, em 2009 foi lançado nos EUA, em comemoração aos 60 anos do Gasparzinho, essa mini-série WTF:



O traço não deve agradar a muita gente já que foi mangalizado e os personagens desenhados como adolescentes, só não sei como foi seu desempenho nos EUA.]
Taí um sinal que personagens tão clássicos não passam incólumes à crise dos quadrinhos e de gerações.
Nada tão diferente de Luluzinha teen , que foi criticada lá fora.
Eu mal reconheci a bruxa Luiza e o Brasinha nesta releitura.
São personagens clássicos e que, em teoria ,deixam seus detentores sentados numa mina de dinheiro, mas...
podem ser aqueles tais dólares confederados .

Valeriam uma nota preta se o Sul ganhasse a guerra , mas hoje só servem na mão de colecionadores...
Então é uma luta ferrenha, onde veteranos e estreantes se engalfinham pela atenção da platéia...
Pois nunca antes na história deste país...
Na verdade na história deste planeta,houve tanta oferta de entretenimento no mercado .
Por isso acho que a Pixel aposta na veia popular. com personagens com certa popularidade,mesmo que esmaecida, mas cujos preços de licenciamento hoje estejam num patamar que os tornem um investimento viável .
Mauriça co seu material paradidático que se cuide, pois com Lulu/Bolinha, a Pixel trás a fonte de onde Mauríça bebeu.
Mau tem a vantagem de poder produzir(e formatar) o material em tempo real com o gosto brasuca.
A pixel vem com um bom custo benefício...Vai ser um cenário bacana frente a pasmaceira dos últimos anos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://docpeste.wordpress.com/
Ricardol
Convidado
avatar


MensagemAssunto: Novidades Pixel   Dom 13 Jan - 8:52

Dr-Peste escreveu:
Por isso acho que a Pixel aposta na veia popular. com personagens com certa popularidade,mesmo que esmaecida, mas cujos preços de licenciamento hoje estejam num patamar que os tornem um investimento viável .
Mauriça co seu material paradidático que se cuide, pois com Lulu/Bolinha, a Pixel trás a fonte de onde Mauríça bebeu.
Mau tem a vantagem de poder produzir(e formatar) o material em tempo real com o gosto brasuca.
A pixel vem com um bom custo benefício...Vai ser um cenário bacana frente a pasmaceira dos últimos anos.

E detalhe que além da Tininha, nas revistas do Riquinho e da Luluzinha estas duas também aprecem em histórias curtas:






Lembrando que a Mônica tem um poucoi de cada uma dessas personagens: o vestido vermelho veio da Luluzinha e da Tininha e a super-força da Bolota.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dr-Peste
Fazendeiro da Semana
avatar

Mensagens : 137
Data de inscrição : 17/10/2010
Localização : Sampa-Peste

MensagemAssunto: Re: Recruta Zero reload   Seg 14 Jan - 21:03

Ricardol escreveu:
Dr-Peste escreveu:
Por isso acho que a Pixel aposta na veia popular. com personagens com certa popularidade,mesmo que esmaecida, mas cujos preços de licenciamento hoje estejam num patamar que os tornem um investimento viável .
Mauriça co seu material paradidático que se cuide, pois com Lulu/Bolinha, a Pixel trás a fonte de onde Mauríça bebeu.
Mau tem a vantagem de poder produzir(e formatar) o material em tempo real com o gosto brasuca.
A pixel vem com um bom custo benefício...Vai ser um cenário bacana frente a pasmaceira dos últimos anos.

E detalhe que além da Tininha, nas revistas do Riquinho e da Luluzinha estas duas também aprecem em histórias curtas:






Lembrando que a Mônica tem um poucoi de cada uma dessas personagens: o vestido vermelho veio da Luluzinha e da Tininha e a super-força da Bolota.
Mais incrível mesmo é o design e temperamento da Mônica que são cuspido e escarrado a Aninha, amiga da Luluzinha.
Lí um hq em que a Aninha partia par cima do Bolinha de porrada e que só faltou um coelhinho na mão dela pra deixar o fac-símile do Mauríção totalmente a mostra.

Hoje dá até pra dizer que os personagens são diferentes, graças às alterações de artistas que passaram pelo estúdio do tio Mau, mas no comecinho a "inspiração" era escrachada. Neutral
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://docpeste.wordpress.com/
Quiof
Tia do Batemá
avatar

Mensagens : 281
Data de inscrição : 20/09/2010

MensagemAssunto: Re: Recruta Zero reload   Seg 14 Jan - 23:32

sim, como não acompanhei o gibi da Lulu (apesar de ver os anúncios nas revistas da Abril, já tinha notado o vestido vermelho), notei essas semelhanças no desenho animado, o primeiro Franjinha era o Bolinha, o Quinzinho também, depois o Franjinha virou um Poindexter.
também tem muito dos Peanuts, como Bidu dando uma de Snoopy, o Chiqueirinho que é o Cascão (apesar do Sujismundo ser mais parecido que o Cascão). o Horácio tem um que de filosófico à la Snoopy.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dr-Peste
Fazendeiro da Semana
avatar

Mensagens : 137
Data de inscrição : 17/10/2010
Localização : Sampa-Peste

MensagemAssunto: Re: Recruta Zero reload   Seg 21 Jan - 1:22

Quiof escreveu:
sim, como não acompanhei o gibi da Lulu (apesar de ver os anúncios nas revistas da Abril, já tinha notado o vestido vermelho), notei essas semelhanças no desenho animado, o primeiro Franjinha era o Bolinha, o Quinzinho também, depois o Franjinha virou um Poindexter.
também tem muito dos Peanuts, como Bidu dando uma de Snoopy, o Chiqueirinho que é o Cascão (apesar do Sujismundo ser mais parecido que o Cascão). o Horácio tem um que de filosófico à la Snoopy.
Creio que seria muita má vontade negar que realmente "também" houve a inspiração das filhas na criação das personagens.
Tá lá até o coelho que não negam o fato.
Spoiler:
 

Mas o problema é que fica algo evidente que se ressalta este aspecto, que traz um "UP" de marketing na figura do paizão criador de hqs, mas obscurece o lado profissional da coisa , do artista com suas influências diversas.
A chupinhação, reconstrução e absorção de estilos, personagens e ideias faz parte do processo criativo em geral, já que ninguém é L\'os ou o Mandrake pra sacar algo do nada.
Até um personagem "original" como o Batman é um mistureba e chupinhação de vários personagens pulps, como The Bat, o Zorro e o Sombra, com generosas pitadas dos quadrinhos do Dick Tracy.

As vezes essa absorção nem é um processo consciente, já que é difícil destrinchar os tortuosos caminhos da criação,sendo que até um artista original como o ex-Beatle George Harrison, ao criar um dos clássicos da música pop foi condenado por plágio involuntário ...(embora o caso seja controverso ,entre a influência inconsciente e coincidência pura. Escutem as duas versões se possível)
http://www.thebeatles.com.br/pop/george001-plagio.htm

O lado chato é aquele que o Bk criticava no Mauriça e que também recai sobre um Walt Disney, que é a mitificação do cidadão, como uma espécie de demiurgo que aponta o dedo pro deserto e faz surgir uma floresta, sozinho, sem ajuda de nada e de ninguém.
Isso é ruim na medida em que elimina o processo de erros e acertos que mostra a escadaria que levou o cara a erguer sua torre.

Mauriça prefere citar não apenas a influência familiar, mas cita um Tezuka, que aliás fica difícil de ver a influência do pai de Astro Boy em seu trabalho , do que Luluzinha e Peanuts.
Atribuo isto a certa melindre do ego do tio Souza, já que Tezuka era algo distante na época e cult hoje em dia, enquanto Luluzinha e Peanuts eram beeem mais próximos e os craques que reinavam em campo , quando Mau começava a chutar a pelota, sendo que a comparações com os veteranos não seriam tão desejáveis, já que se tornavam concorrentes diretos.

Mesmo sendo só parte da verdade, a fábula do paizão que olhou pros filhotes e,sacando do pincel ,criou um universo fica bem mais legal no currículo.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://docpeste.wordpress.com/
Fernando Aoki
Polegar Vermelho
avatar

Mensagens : 46
Data de inscrição : 16/03/2012

MensagemAssunto: Re: Recruta Zero reload   Seg 21 Jan - 9:56

“Quando a lenda se torna fato, imprima-se a lenda.”
(o homem que matou o fascínora - the man who shot Liberty Valiant, de John Ford, 1962)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://almadeaco.blogspot.com
Fernando Aoki
Polegar Vermelho
avatar

Mensagens : 46
Data de inscrição : 16/03/2012

MensagemAssunto: Re: Recruta Zero reload   Seg 21 Jan - 9:57

http://www.youtube.com/watch?v=363ZAmQEA84
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://almadeaco.blogspot.com
Quiof
Tia do Batemá
avatar

Mensagens : 281
Data de inscrição : 20/09/2010

MensagemAssunto: Re: Recruta Zero reload   Seg 21 Jan - 13:10

Dr-Peste escreveu:
Quiof escreveu:
sim, como não acompanhei o gibi da Lulu (apesar de ver os anúncios nas revistas da Abril, já tinha notado o vestido vermelho), notei essas semelhanças no desenho animado, o primeiro Franjinha era o Bolinha, o Quinzinho também, depois o Franjinha virou um Poindexter.
também tem muito dos Peanuts, como Bidu dando uma de Snoopy, o Chiqueirinho que é o Cascão (apesar do Sujismundo ser mais parecido que o Cascão). o Horácio tem um que de filosófico à la Snoopy.
Creio que seria muita má vontade negar que realmente "também" houve a inspiração das filhas na criação das personagens.
Tá lá até o coelho que não negam o fato.
Spoiler:
 

Mas o problema é que fica algo evidente que se ressalta este aspecto, que traz um "UP" de marketing na figura do paizão criador de hqs, mas obscurece o lado profissional da coisa , do artista com suas influências diversas.
A chupinhação, reconstrução e absorção de estilos, personagens e ideias faz parte do processo criativo em geral, já que ninguém é L\'os ou o Mandrake pra sacar algo do nada.
Até um personagem "original" como o Batman é um mistureba e chupinhação de vários personagens pulps, como The Bat, o Zorro e o Sombra, com generosas pitadas dos quadrinhos do Dick Tracy.

As vezes essa absorção nem é um processo consciente, já que é difícil destrinchar os tortuosos caminhos da criação,sendo que até um artista original como o ex-Beatle George Harrison, ao criar um dos clássicos da música pop foi condenado por plágio involuntário ...(embora o caso seja controverso ,entre a influência inconsciente e coincidência pura. Escutem as duas versões se possível)
http://www.thebeatles.com.br/pop/george001-plagio.htm

O lado chato é aquele que o Bk criticava no Mauriça e que também recai sobre um Walt Disney, que é a mitificação do cidadão, como uma espécie de demiurgo que aponta o dedo pro deserto e faz surgir uma floresta, sozinho, sem ajuda de nada e de ninguém.
Isso é ruim na medida em que elimina o processo de erros e acertos que mostra a escadaria que levou o cara a erguer sua torre.

Mauriça prefere citar não apenas a influência familiar, mas cita um Tezuka, que aliás fica difícil de ver a influência do pai de Astro Boy em seu trabalho , do que Luluzinha e Peanuts.
Atribuo isto a certa melindre do ego do tio Souza, já que Tezuka era algo distante na época e cult hoje em dia, enquanto Luluzinha e Peanuts eram beeem mais próximos e os craques que reinavam em campo , quando Mau começava a chutar a pelota, sendo que a comparações com os veteranos não seriam tão desejáveis, já que se tornavam concorrentes diretos.

Mesmo sendo só parte da verdade, a fábula do paizão que olhou pros filhotes e,sacando do pincel ,criou um universo fica bem mais legal no currículo.


já li várias entrevistas do Mauricio, numa ele dizia que o traço dele era parecido com a Luluzinha, mas tinha outras inspirações. sobre o Tezuka, ele se contradiz todo o tempo, numa ele diz que só teve contato nos anos 80, noutra que um amigo japonês de Mogi emprestou um mangá pra ele, na entrevista à Henshin, ele diz que o Paulo Hamasaki trazia influencias dos mangás na arte-final que ele fazia para o Bidu, li outra entrevista do Hamasaki ao Tony Fernandes onde ele diz que o pai lhe falava sobre os mangás e que não tinha influencia deles e sim de artistas dos comics como o Frazetta:

trechos:

Citação :
Você também falou sobre a inspiração em Bolinha e Luluzinha sobre o seu trabalho, em que esses personagens te inspiraram?
Mauricio de Sousa- Foi a última inspiração que eu tive. Como disse, tive outras. Meu estilo de desenho sempre foi parecido com a Marta, de Luluzinha, simples. Só que via os outros desenhistas norte-americanos, muitos sofisticados em termos de arte, grafismo. Eu tinha pouquinho de receio, medo, pois me achava muito simples, pedagógico. Quando vi o sucesso daLuzluzinha, isso me encorrajou. A Luluzinha me deu coragem para apostar no desenho que eu já fazia. Parece com aquele cineminha que fiz com 13 ou 14 anos, de brincadeirinha. A minha avó contava histórias e eu ilustrava, desenhava aqui, colava com cola de farinha de trico, fazia uma manivela, botava um caixote, cortava, fazia telinha, colocava a vela atrás, passava e contava a história. Aquilo foi uma excelente forma, que me permitiu criar um estilo próprio. Outra coisa que me ajudou a criar um estilo simplificado de desenho foi ter começado a fazer ilustrações para a Folha da Tarde, do mesmo Grupo Folha, no começo da minha carreira. Eu chegava da Polícia e tinha meia hora para ler o notíciario do jornal. Precisava escolher duas matérias e ilustrar com desenho simples para colocar como chamada de capa no jornal. Não tinha tempo nem de fazer rascunho; tinha que olhar aquilo e sair quase que psicografado o negócio. Foi uma escola também para eu dominar o traço simples e rápido.

http://issuu.com/ucha/docs/jornaldaabi362-hqparte2?mode=window&pageNumber=26

nesse caso não era mais o desenho da Marjorie (que ele chama de Marta) e sim do John Stanley, a Marjorie só fazia os cartuns publicados no The Saturday Evening Post.


Citação :
Henshin: A Turma da Mônica tem alguma influência do mangá japonês?
Mauricio: Não totalmente, mas em termos. Quando comecei a fazer história em quadrinhos, não se falava em mangá, que era uma coisa muito distante e desconhecida naquela época. Mas, com o passar do tempo, os auxiliares que eu fui contratando, muitos deles descendentes de japoneses, foram enquadrando o meu traço, que era mais largado, à sofisticada arte-final dos mangás.

Henshin: É verdade que há quem considere os gibis da Turma da Mônica os mangás brasileiros?
Mauricio: Quem fez essa comparação foi o pessoal do Japão. Nosso desenho era diferente, brasileiro, e tudo mais. Mas existia um toque ligado aos quadrinhos japoneses. Era um desenho com os personagens de olhos grandes e traços limpos como os do mangá – tudo isso devido a meus arte-finalistas, em sua maioria nisseis, que tiveram uma forte influência de tal material. Meu primeiro auxiliar, Paulo Hamazaki, tinha todo esse estilo da arte-final japonesa.

Henshin: Qual foi seu primeiro contato com uma produção japonesa, mangá ou anime?
Mauricio: Foi quando fui ao Japão e conheci alguns dos principais desenhistas e estúdios do país, mas principalmente quando conheci o desenhista Osamu Tezuka, que é o pai da animação japonesa e o mentor do mangá. Depois todos os outros seguiram seus passos. Esse foi meu primeiro contato.


http://henshin.uol.com.br/2010/09/03/e-o-projeto-continua/

Citação :
O Shima tem estilo único e
inconfundível e é sem dúvida um dos
nossos maiores e melhores artistas
dos quadrinhos. Os outros desenhistas
que citou são
de escolas japonesas, que difundiram
os mangás no Brasil.
Quanto a mim, apreciava mais o estilo
americano, as histórias, as técnicas,
o claro\escuro, essas coisas.

Citação :
Principalmente moças, algumas
origem japonesa (meu pai havia
me dito que no Japão,
a produção de mangás era feita
por 70% de elementos
femininos, que faziam letras,
balões, corrigiam falhas, requadravam
páginas, apagavam
traços a lápis, coisas assim...

Passei a sugestão do meu velho
para o Mauricio, que era de
decisões tão rápidas quanto acertadas.

Citação :
Na verdade, quem
me fez ficar apaixonado pelos
dinossauros foi o artista
Frank Frazetta, com o seu personagem
Ta-Nor, conhecido
como Thunda, na América em 1953.

http://tonyfernandespegasus.blogspot.com.br/2011/09/entrevista-com-paulo-hamasaki-o-homem.html

Citação :
abemos que o Tezuka é uma de suas maiores influências. Como foi seu primeiro contato com o material dele?
Mauricio de Sousa ~ Bem, o contato com o material dele aconteceu quando eu morava em Mogi das Cruzes, que é uma cidade que metade da população é japonesa. Metade da minha classe era de nisseis. Então os mangás, as revistas e livrinhos japoneses circulavam naquele tempo na minha mão.

Eu não entendia nada, não lia japonês, mas ficava às vezes olhando, vendo os desenhos, e, naturalmente, os que achava mais bonitinhos, mais bem feitos e até com o traço que eu gostaria de ter, eram do Tezuka. E acidentalmente, coincidência ou não, não sei, quando comecei a desenhar lá mesmo, antes de virar profissional, alguns dos meus desenhos iam meio que na linha dele, porque ele tinha um desenho limpo, traço “firminho”, e eu achava que era bom porque não precisava enfeitar muito, não precisava ficar fazendo detalhes, arabescos e tudo mais na maioria das histórias.

http://www.animepro.com.br/noticias.php?IdNoticia=23&Data=022012
Citação :
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Dr-Peste
Fazendeiro da Semana
avatar

Mensagens : 137
Data de inscrição : 17/10/2010
Localização : Sampa-Peste

MensagemAssunto: Re: Recruta Zero reload   Seg 21 Jan - 21:46

Quiof escreveu:


já li várias entrevistas do Mauricio, numa ele dizia que o traço dele era parecido com a Luluzinha, mas tinha outras inspirações. sobre o Tezuka, ele se contradiz todo o tempo, numa ele diz que só teve contato nos anos 80, noutra que um amigo japonês de Mogi emprestou um mangá pra ele, na entrevista à Henshin, ele diz que o Paulo Hamasaki trazia influencias dos mangás na arte-final que ele fazia para o Bidu, li outra entrevista do Hamasaki ao Tony Fernandes onde ele diz que o pai lhe falava sobre os mangás e que não tinha influencia deles e sim de artistas dos comics como o Frazetta:

trechos:

Bom, essa incoerência do Mau com relação ao Tezuka dá até pra relevar, pois é meio século de estrada. Tenho certos brothers , com os quais fiz vários trampos, e vez ou outra discutimos coisas que rolaram a 3, 4 ou mais anos atrás, e de vez em quando um deles elabora verdadeiras ficções rocambolescas que de fato nunca aconteceram como eles narram . Provavelmente eu também devo me deixar engambelar pela minha memória, ou meu ego vez ou outra.

Mas na parte da Luluzinha fica claro que ele quer dar a entender que ela foi uma inspiração mais comercial que artística , pois frisa que ela só o inspirou a ir em frente com seu trabalho ,que já era parecido com o dela, e não que tenha de fato tenha procurado imitar/emular o traço da turma da Lulu. Orly
Citação :
Você também falou sobre a inspiração em Bolinha e Luluzinha sobre o seu trabalho, em que esses personagens te inspiraram?
Mauricio de Sousa- Foi a última inspiração que eu tive. Como disse, tive outras. Meu estilo de desenho sempre foi parecido com a Marta, de Luluzinha, simples. Só que via os outros desenhistas norte-americanos, muitos sofisticados em termos de arte, grafismo. Eu tinha pouquinho de receio, medo, pois me achava muito simples, pedagógico. Quando vi o sucesso daLuzluzinha, isso me encorrajou. A Luluzinha me deu coragem para apostar no desenho que eu já fazia.
As vezes os fatos são estes mesmos , mas devidamente reorganizados pelos bloquinhos da memória, já que temos uma tendência natural a limar arestas inconvenientes e realçar o lado mais bacana. Mauriça no jornal deve ter mesmo desenvolvido um traço mais simplificado e rápido. Mas, antenado como era, ao se deparar com o sucesso de uma Luluzinha , com certeza pensou que também podia produzir algo nestes moldes. Pois o traço não resume toda a questão, já que os personagens : Um menino e seu cachorro (Peanuts) , uma turminha de crianças do bairro, com as rusgas de meninos vs meninas(Lulu e Bolinha) não são tão fáceis de dissociar do trabalho dele.(ou de sua equipe)

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://docpeste.wordpress.com/
Ricardol
Convidado
avatar


MensagemAssunto: A Volta do Brasinha   Dom 3 Fev - 5:38

quem possa interessar, o Brasinha já esta a venda nas bancas e já esta no volume 2, preço R$ 3,10, até penso em comprar em virtude da Nostalgia e já dei uma folhada, além dele temos histórias do Miudinho e no volume 2 apareceu a Fada Noelita, que segundio dizem, e eu não lembro dessa personagem, era a "namorada" do Brasinha. Capas da edição 1 abaixo:



Hoje já vi numa banca a edição 2, mas ainda não vi comentários a respeito dela na rede e nem a capa apareceu, dando uma folhada é na primeira hiostória dessa edição que aparece a tal Fada Noelita em seu primeiro encontro com o Brasinha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ricardol
Convidado
avatar


MensagemAssunto: A Volta do Brasinha   Dom 10 Fev - 14:45

Já li as duas revistas e gostei muito, as histórias continuam boas após todos esses anos, não sei se são inéditas e/ou nunca publicaram no Brasil, mas é bem divertido e como companheiro do Brasinha nesta revista são publicadas as histórias do Miudinho. Bom lançamento da Pixel. Eis as capas:

Voltar ao Topo Ir em baixo
porschel
Convidado
avatar


MensagemAssunto: zero já não sai mais   Qui 4 Abr - 15:58

Acabou. Não chega mais nenhum número de Zero nas bancas.
Que diria se tentassem relançar Brucutú... não passaria do primeiro número.
Lamentável a falta de cultura desse país
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dr.John
Ex BBB
avatar

Mensagens : 58
Data de inscrição : 18/11/2012

MensagemAssunto: Re: Recruta Zero reload   Sex 5 Abr - 11:53

Ricardol escreveu:
Já li as duas revistas e gostei muito, as histórias continuam boas após todos esses anos, não sei se são inéditas e/ou nunca publicaram no Brasil, mas é bem divertido e como companheiro do Brasinha nesta revista são publicadas as histórias do Miudinho. Bom lançamento da Pixel. Eis as capas:


Eu peguei a número 3, bacaninha.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Recruta Zero reload   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Recruta Zero reload

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Clock Up :: Principal :: Chupa CQB-
Criar um fórum | © phpBB | Fórum grátis de ajuda | Fale conosco | Assinalar uma queixa | Criar um fórum