Gibis, tokusatsus, cinema e cultura pop em geral
 
InícioInício  Blog  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Novo Tópico   Responder ao tópicoCompartilhe | 
 

 Quadrinhos Nacionais

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 19 ... 33  Seguinte
AutorMensagem
Mohamed
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 1077
Data de inscrição : 19/09/2010
Idade : 43
Localização : Centro da Terra

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Ter 7 Dez - 18:29

Esse tópoco é bom mesmo é pra passar raiva.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.formspring.me/Moh4med
Milagros
Aluno do P.S. 118
avatar

Mensagens : 209
Data de inscrição : 19/09/2010
Localização : Não interessa

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Qui 9 Dez - 7:11

Um prêmio que só revela trabalhos VENCEDORES, DE SUCESSIUUUUUUUUU WEEEEEEEEEEEEEEE
Seu Madruga

Mas claro, os clássicos do MESTRIIIIIIII são INigualáveis, deveria existir uma Acadêmia Brasileira de Quadrinhos e ele o Senior. Real Cool Face
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
caxumba
Pica das Galáxias
avatar

Mensagens : 154
Data de inscrição : 08/12/2010

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Qui 9 Dez - 18:05

Como o BK costuma dizer, são as panelinhas. É impressionante esse marasmo dos quadrinhistas nacionais. Só fazem merda, ficam se alisando e passando melzinho um nas costas dos outros e, no final, acabam monopolizando os prêmios entre eles mesmos.

Vá lá, tá certo que os novatos que chegam devem feder tanto quanto os "mestres" (talvez até mais), ao menos considerando o que eu já vi por aí. Porém, os novatos BONS acabam nem conseguindo essas pequenas chances de serem divulgados pro grande público. Por exemplo, o próprio Carlos lá do Um Sábado Qualquer, ele já ganhou algum prêmio? Eu só soube daquelas tiras dele por uma amiga (o velho boca-a-boca).

Por que esses caras não aparecem nesses prêmios? Só porque estão fora do esquemão?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Milagros
Aluno do P.S. 118
avatar

Mensagens : 209
Data de inscrição : 19/09/2010
Localização : Não interessa

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Sex 10 Dez - 21:10

Enquanto o gibi não sair das baladas da elite maldita, ficará essa PUNHETAGEM DE INTELECTUAIS que brigam que seu trabalho È ARRRRRRRRRRRRRRTIIIIIIIIII.

Quuando a premissa do gibi (quadrinho e mangá etc etc) é POPULAR, boa história, personagens cativantes e filler pra gerar produtividade.

A esperança é com os E-Readers.
E esses prêmios, reitero, só serve pra premiar os manos.

Brasileiro adooooooooooora um troféu, um premiozinho sem credibilidade alguma
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Quiof
Tia do Batemá
avatar

Mensagens : 281
Data de inscrição : 20/09/2010

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Sab 11 Dez - 19:11

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kamen Rider
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 1529
Data de inscrição : 19/09/2010

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Sab 11 Dez - 19:43

Amigo premiando amigo, nossa mas que vitória de vida! Rolling Eyes Picard

_________________
"Quando ouço falar da cultura brasileira, já saco meu rolo de papel higiênico"

Olavo de Carvalho.


Compre aqui sua camiseta de tokusatsu

http://www.vitrinepix.com.br/clockup
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://clock-up.forum-livre.com
caxumba
Pica das Galáxias
avatar

Mensagens : 154
Data de inscrição : 08/12/2010

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Dom 12 Dez - 14:33

Quiof escreveu:
enfim, o reconhecimento do Bigorna:
http://www.bigorna.net/index.php?secao=artigos&id=1291631917

"Quem não chora, não mama! Foi só a gente reclamar em alto e bom tom dos Prêmios de HQs nacionais e ganhamos um Prêmio DB Artes! "

PQP! Que coisa de LOSER! Chora, neném! Besouro Laughing Chupa

Aposto que rolou melzinho nas costas aí, também.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Quiof
Tia do Batemá
avatar

Mensagens : 281
Data de inscrição : 20/09/2010

MensagemAssunto: Menino Caranguejo no Iphone    Dom 12 Dez - 19:56

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
B.K.
Passageiro do Den Liner
avatar

Mensagens : 631
Data de inscrição : 19/09/2010
Idade : 53
Localização : Entre os seios de sua mãe!

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Ter 14 Dez - 19:36

Quiof escreveu:
http://nucleo-quadrinhos.blogspot.com/2010/12/menino-caranguejo-no-iphone.html

Gibi de bosta é bosta em qualquer mídia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.milmomes.com
Crocodilo
Filho do Sol
avatar

Mensagens : 417
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 30

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Ter 14 Dez - 22:54

B.K. escreveu:
Quiof escreveu:
http://nucleo-quadrinhos.blogspot.com/2010/12/menino-caranguejo-no-iphone.html

Gibi de bosta é bosta em qualquer mídia.

Pelo menos é Mudérmo! Já o Emir deve tar com a CQB agora fazendo campanha contra os Ipads:

"Nada substitui o papel!"

Punheta Power
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Svarog
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 861
Data de inscrição : 12/10/2010

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Ter 14 Dez - 23:34

O mercado nacional:

Na avaliação geral, todos acharam 2010 um bom ano para as HQs e melhor do que o anterior. Isto se traduz tanto na visão dos editores quanto dos autores de São Paulo.
No caso da editora Abril, por exemplo, “todos os títulos Disney tiveram excelente desempenho e as edições especiais foram muito bem recebidas pelo público”, revela o Diretor de Redação, Sérgio Figueiredo, destacando a coleção Clássicos da Literatura Disney, que já vendeu mais de 250 mil exemplares e que foi expandida de 20 para 40 volumes. “Também estamos felizes com a volta dos gibis mensais Disney para a venda por assinatura. E não podemos nos esquecer do lançamento do Prêmio Abril de Personagens, que vai premiar e promover novos talentos”.
Na opinião de Figueiredo, “o mercado de quadrinhos se fortaleceu por causa da competitividade, a sensível melhoria da qualidade editorial das revistas e o interesse renovado do público por esse tipo de publicação”, sem identificar uma política governamental específica para isso. E adianta o que vem em 2011: “Nas férias de verão, estamos lançando 10 novos almanaques de quadrinhos Disney e temos três grandes coleções programadas para o decorrer do ano que vem, todas realmente muito boas”.

EXPLOSÃO DE GIBIS DIGITAIS
Na opinião do Diretor Editorial da Conrad Editora, Rogério de Campos, “2010 foi muito melhor que 2009. Que foi melhor do que 2008. Existem mais quadrinhos, mais variados, mais inteligentes, e nos distanciamos mais do tempo no qual quadrinhos era sinônimo de gibis de super-heróis e patos”. E destaca o lançamento do iPad e os e-readers coloridos como a novidade deste ano. “Agora sim, chegou a hora dos quadrinhos virarem digitais. Isso significa mais variedade, mais chance de ousar”. Sua editora lançou um título para iPad, Sábado dos Meus Amores, e o executivo prevê uma explosão de gibis digitais em 2011.
ADENDO: Somente na cabeça de bosta do Rogerio de Campos, quantos brasileiros tem grana pra comprar um maldito e-reader. Apenas ele e a meia duzia de amigos nerds que ficam punhetando um ao outro.

GRANDE VARIEDADE DE GÊNEROS
No ponto de vista de Maurício Muniz, editor executivo da Gal Editora, um dos pontos fortes de 2010 foi a ampliação do espaço para HQs nas livrarias, que hoje estão entre as seções mais visitadas. “Cada vez mais, a ideia de que quadrinhos são coisa de criança vai se distanciando. O público percebe que existem quadrinhos de todos os tipos e gêneros, capazes de apelar aos gostos mais variados com ótimas histórias”.
Ele concorda com Rogério em destacar o lançamento de quadrinhos fora do gênero "Super-Heróis" que se tornaram sucesso de vendas. “Sejam nacionais (como BANDO DE DOIS, do Danilo Beyruth), norte-americanos (como SCOTT PILGRIM) ou europeus (O QUE ACONTECEU AO HOMEM MAIS RÁPIDO DO MUNDO)”, frisa. E deseja que 2011 seja um ano com “mais, melhores e variados quadrinhos no mercado nacional

AUTORES COMEMORAM EXPANSÃO, MAS NÃO O PREÇO DE VENDA

Não é mangá, nem super-herói. “Memória de Elefante” (Quadrinhos na Cia), o livro de estréia de Caeto, apontado como um dos melhores lançamentos do ano. O autor confirma que o momento “é empolgante pra quem faz e quem lê quadrinhos, e sinto uma abertura maior para autores novos nesse momento”. Bira Dantas, de Campinas, concorda: “Eu, que sou um comprador inveterado, não dei conta de acompanhar tudo. Os autores têm se dedicado mais a projetos pessoais e as editoras têm investido mais em edições alternativas ao estabelecido pelo mercado”.
Porém, Tony Fernandes questiona se o mercado está realmente melhor. “Se formos avaliar o lado comercial da coisa, ou seja, as vendas em bancas, eu chego a uma só conclusão: as HQs estão cada vez mais elitistas. Preços absurdos e em virtude disso as vendas tendem a abaixar a cada dia. Vendas de 15% a 20% dificilmente sustentam um produto por muito tempo no ponto de venda”. ATE QUE ENFIM UM FDP FALANDO A REAL.
No mesmo pensamento, o jornalista Rodrigo Febrônio, do programa Banca de Quadrinhos, diz que “é lamentável que tenhamos tantos títulos nacionais bons com preços proibitivos. Mesmo com leis de incentivo (Minha rola é lei de incentivo), a maioria dos quadrinhos publicados fora da cena independente ainda possui preços elevados, o que infelizmente diminui o apelo da obra. Publicar quadrinhos está se mostrando algo rentável, só que muito mais pelo ótimo comprador que é o Governo Federal”.

E FALANDO EM MERD...ops, GOVERNO:

“Eu nunca fiz quadrinhos esperando ajuda do governo e eu não conheço quem o faça”, dispara Caeto, que está preparando o seu próximo livro autobiográfico. Mas há quem aplauda de pé iniciativas como o ProAC, do Estado de SP, e o PNBE, do Governo Federal. É o caso de Laudo Ferreira, cuja obra “Histórias do Clube da Esquina” foi selecionado pelo programa paulista e será publicada em 2011. “Beneficia tanto autores como editores”, diz o autor, que no ano que vem lançará também o terceiro volume de "Yeshuah" e “Auto da barca do Inferno”, uma adaptação do texto clássico do Gil Vicente, que será publicado pela Editora Peirópolis.
Outro entusiasta dos programas públicos de incentivo é Bira Dantas, que em outubro terminou a revisão da HQ "O Ateneu", em parceria com o Ronaldo Antonelli (Escala Educacional), e começa a adaptar a Ilíada. “Desde agosto venho publicando as tiras do Tatu-man num jornal de Campinas e estou conversando sobre a possibilidade de publicá-lo na Coréia do Sul”.
Longe da capital, Fabio Tasubô, de Santos, destaca em sua cidade o Fundo de Assistência da Cultura que vai ajudar os produtores de HQs a publicarem seus trabalhos. Para o ano que vem, “gostaria muito que houvesse uma maior integração entre produtores, editoras e administração pública para que possamos juntos criar novas ferramentas para a formação de público leitor”.
“Não percebi mudança, continua o mesmo movimento de ampliação e fortalecimento”, resume Spacca. Esta é a mesma percepção de Edu Mendes, da Quarto Mundo: “Houve continuidade nos programas que já existiam, o que não deixa de ser positivo, mas é preciso uma política cultural mais séria para o Brasil e o Quadrinhos estariam inseridos nela. A longo prazo, se a economia se mantiver estável, um mercado de quadrinhos pode surgir no Brasil como tanta força como já existe no mercado literário”.
Quem não viu nada demais foi Tony Fernandes. “O mercado manteve a média de 4% de crescimento ao ano, o que não pode ser considerado ruim, manteve a média, das revistas em geral. Mas, muito pouco deste número se refere as HQs. Ao contrário, as vendas vêem caindo gradativamente”. E completa: “os incentivos culturais dados pelos governos regionais ainda são muito pequenos e espero que cresçam em breve”.

OS LIVROS E AS LIVRARIAS
“Atualmente os autores de quadrinhos - eu incluído - dedicam-se à produção de álbuns para livrarias, mais do que de revistas para bancas. Este é, em si, um processo de encolha em relação ao universo de leitores que existia nos anos 80 e 90 - mesmo considerando a existência sempre crescente da internet”. Esta frase é de ninguém mais do que Laerte, um dos grandes nomes da HQ nacional, e comprova esta migração, já anunciada no ano passado.
Crescimento este confirmado por Jorge Rodrigues, gerente comercial da Comix, uma das lojas mais importantes de São Paulo. Ele também destaca a retomada do selo Vertigo pela Panini, a entrada da Leya, Planeta, Objetiva , 8Inverso, e outras mais. “Creio que 2010 foi melhor em lançamentos como também em produtividade das editoras como Devir, Zarabatana, Gal, HQM, Kallaco, etc”.
No ano em que Glauco foi assassinado, Spacca coloca em sua lista dos melhores os álbuns "Baião de Dois", "Yeshuah 2", “Guerra dos Gibis 2” e "Anita Garibaldi", de Custódio. E ainda as duas edições do evento HQ em Pauta (janeiro e junho). “Mostraram um evento ainda pequeno no formato, mas de alta qualidade nos debates, acima da média. Ah, as gravações do "Sabado da Memória", no Carandiru. Está sendo produzido um material muito valioso sobre a história da HQ nacional”.
“A boa surpresa dentre as editoras, para mim, foi o selo Barba Negra com seus pocket books baratos, com design inovador e ótima seleção de artistas. Penso que os fatores fundamentais para que as HQs avancem mais em 2011 são aliar bom conteúdo com preço acessível, como estão fazendo editoras como a já citada Barba Negra, a Devir e a Quadrinhos na cia, entre outras”, opina Febrônio.
Outro destaque do ano foi a volta dos quadrinhos de western. “A coisa começou com o Arthur Filho, um editor independente que ousou lançar Billy The Kid, feita por autores nacionais. Coincidência ou não, em seguida veio Apache, e Chet, edição comemorativa de 30 anos, lançada pela Ink and Blood Comics, também independente e do sul do país”, conta Tony Fernandes. “E, por fim, até a poderosa Panini decidiu entrar na roda lançando Jonah Rex. Os leitores de bang-bangs, os saudosistas, há muito estavam esquecidos pelos grandes editores, esta é que é a verdade”.
E como falar de mercado sem ouvir Mauricio de Sousa? O mestre confirma o ano bom e destaca particularmente o fechamento de novo contrato com a editora Panini, antes do final do prazo do antigo contrato, e o sucesso dos nossos álbuns com 50 desenhistas brasileiros desenhando a Turma da Mônica às suas maneiras. Ele faz coro a cegueira do poder público. “O governo (do Brasil), no geral, ainda não descobriu a força dos quadrinhos”.
Para o ano que vem, Mauricio concorda que as perspectivas são muito boas: “Continuaremos crescendo, o mercado nacional e internacional se abre para o artista brasileiro. Aproveitemos”. E lembra que o projeto Tezuka Osamu (união dos personagens japoneses com a Turma Jovem) enfim está saíndo do papel.

EXPECTATIVAS PARA 2011
O otimismo é geral, dentro dos entrevistados para a reportagem praticamente todos acreditam que o ritmo será mantido, mas deve-se corrigir o que não vai tão bem assim. “Precisamos fazer produtos a preços populares. HQ é um veículo de comunicação de massas (sempre foi), mas ultimamente não tá cumprindo o seu papel social”, lembra Tony.
Quem também dá o seu recado é Spacca: “Quando levei "Santô" para a Cia das Letras em 2004, não tinha esse "boom" e fizemos assim mesmo”. E finalizamos com uma frase típica de Laerte: “Eu nunca tenho expectativas, há um bom tempo…”
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
B.K.
Passageiro do Den Liner
avatar

Mensagens : 631
Data de inscrição : 19/09/2010
Idade : 53
Localização : Entre os seios de sua mãe!

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Ter 14 Dez - 23:55

Ou seja: todos estão felizes, alegres, saltitantes e de mãos dadas caminham, cantando e dançando, em direção ao pôr do sol.

Só que o cara aí "esqueceu" de dizer que, primeiro, o gibi Apache do Tony Fernandes fracassou. Encalhou que foi um absurdo. Caralho, se nem Tex vende bem, se só empata nas vendas, A TROCO DE QUE uma porra dessas seria sucesso?

Mas wow! Tá na banca? É suuuuucessssoooooooooooooo!

O otimismo é geral?

Caralho, tirando o Monstro de Souza, não tem UM autor nacional sendo publicado pelas grandes editoras.
UM!
Estão todos renegados às edições com tiragem MENOR QUE MEU LIVRO, mas com preço MUITO MAIOR, encalhando mas PUTA MERDA!
COMO SE PUNHETA UM AO OUTRO nessa porra, heim?

Porque não importa vender.
Não importa ser lido.
Pau no cu do leitor!

O IMPORTA É BADALAR!
O QUE IMPORTA É APARECER!

Mas só entre os amiguinhos.

Beleza.
Então eu vou lá passar meu pau sujo na cara desses bostas!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.milmomes.com
Svarog
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 861
Data de inscrição : 12/10/2010

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Qua 15 Dez - 0:02

Uma amostra dos quadrinhos nacionais:



Vai dinheiro publico numa bosta dessas? Puts Samucas


Realmente o Laerte precisa urgentemente de um psiquiatra.

E o pior que o cara vem com esse papo de vestir-se como mulher pq perdeu filho aos 22 anos e bla bla, porra vai num psiquiatra meu.

Mais tranqueira nacional, copia da copia. Viva a originalidade:


Turma da desgraça, todo mundo zumbizão na ilustração acima = )



Será que originalidade é pedir muito ? Até quando os quadrinhos nacionais ficaram a mercê do mundo, até quando ficaremos chupando, copiando o que já foi feito?
Tá foda!


Seu Madruga

Mais zines:




Trindade Nacional ehhehe é mole, onde fica o banheiro Ah para o

Acho que o unico lancamento razoavel em anos, e ainda assim nao oriignal, foi pela editora ibep.:

48 paginas por 25 pila. Muito caro pra pouco.

Picard
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
B.K.
Passageiro do Den Liner
avatar

Mensagens : 631
Data de inscrição : 19/09/2010
Idade : 53
Localização : Entre os seios de sua mãe!

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Qua 15 Dez - 9:40

E o Mi lHomens do BK?
Esqueceudele ouele é insignificante mesmo?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.milmomes.com
Quiof
Tia do Batemá
avatar

Mensagens : 281
Data de inscrição : 20/09/2010

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Qua 15 Dez - 22:08

o Apache do Tony Fernandes é um erro desde sempre, primeiro concorre com Tex um dos últimos títulos de faroeste nas bancas, Apache custa 4,90 e tem 52 páginas em preto e branco, lombada com grampos, Tex tem 116 páginas, em preto e branco, lombada quadrada e custa 5,90. cada edição de Tex é composta por uma história fechada, Apache é uma revista seriada, mesmo Tex sendo chato e clichê é melhor desenhado e melhor desenvolvido.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kamen Rider
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 1529
Data de inscrição : 19/09/2010

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Qua 15 Dez - 22:14

Podia ter passado o tópico sem ver essa imagem do Laerte Down Vomito

_________________
"Quando ouço falar da cultura brasileira, já saco meu rolo de papel higiênico"

Olavo de Carvalho.


Compre aqui sua camiseta de tokusatsu

http://www.vitrinepix.com.br/clockup
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://clock-up.forum-livre.com
Quiof
Tia do Batemá
avatar

Mensagens : 281
Data de inscrição : 20/09/2010

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Qua 15 Dez - 23:18

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
B.K.
Passageiro do Den Liner
avatar

Mensagens : 631
Data de inscrição : 19/09/2010
Idade : 53
Localização : Entre os seios de sua mãe!

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Qui 16 Dez - 2:50

Quiof escreveu:
o Apache do Tony Fernandes é um erro desde sempre, primeiro concorre com Tex um dos últimos títulos de faroeste nas bancas, Apache custa 4,90 e tem 52 páginas em preto e branco, lombada com grampos, Tex tem 116 páginas, em preto e branco, lombada quadrada e custa 5,90. cada edição de Tex é composta por uma história fechada, Apache é uma revista seriada, mesmo Tex sendo chato e clichê é melhor desenhado e melhor desenvolvido.

Mas você acha que interessa pro Toninho Fernandes (parece nome de traficante) esses meros detalhes!
Ele ficou mais de 20 anos afastado do mercado editorial, volta achando que sabe tudo, que manja tudo...
Vai competir CAGADO JUSTAMENTE com Tex...

E toma no cu.

Mas perceba que NINGUÉM comenta sobre os fracassos editoriais!
As barcas-furadas, as cagadas, os erros, as bostas.

Só falam de lançamento, lançamento, lançamento, mimimi, é sucesso, nosso amigo, blablabla...

Aí o gibi é cancelado e não sai UMA LINHA comentando do porquê do fracasso, o porquê da treta ter dado errado.

Cê acha?
E se indispor com a patotinha?

É que o esquema deles é sempre aplaudir.
Lançou? É merda.
É mano nosso? É sucesso.
Não vendeu? Melhor não falar nada pra não se indispor com nosso mano.

Perceba como o provincianismo desses bostas acaba fodendo com eles mesmos!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.milmomes.com
Milagros
Aluno do P.S. 118
avatar

Mensagens : 209
Data de inscrição : 19/09/2010
Localização : Não interessa

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Sex 17 Dez - 20:11


Perceba a genialidade do grande Mestre das Tirinhas Nacionais.

WOW Bixona
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
B.K.
Passageiro do Den Liner
avatar

Mensagens : 631
Data de inscrição : 19/09/2010
Idade : 53
Localização : Entre os seios de sua mãe!

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Sex 17 Dez - 22:16

Eu posso estar redondamente enganado, e me corrijam por favor se eu assim estiver...

Ma snão seria questão do cara destacar mais os QUADRINHOS dele do que suas esquisitices?

Pô. Se vestir de mulher.
Que seja.
Mas e os quadrinhos?
E os gibis?
E as histórias?
Só fica naquela merda de livro que ninguém lê?
E o cara tendo mimimi de bububu, não quero fazer e tals...

Não está meio de foco a parada aí não?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.milmomes.com
Quiof
Tia do Batemá
avatar

Mensagens : 281
Data de inscrição : 20/09/2010

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Sab 18 Dez - 0:01

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
B.K.
Passageiro do Den Liner
avatar

Mensagens : 631
Data de inscrição : 19/09/2010
Idade : 53
Localização : Entre os seios de sua mãe!

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Sab 18 Dez - 0:29

Quiof escreveu:
Tony Fernandes entrevista:
http://tonyfernandespegasus.blogspot.com

Respondendo pra eles:

Oscar Niemeyer está com quase 100 anos nas costas, não anda, não trepa, não tem saúde direito...
Mas está sempre produzindo, sempre criando, o homem é uma máquina constante de criatividade e trabalho.
E vocês aí?
Chego a ter vergonha com essa lambeão de saco um do outro, essa punhetação deslavada de um bando de BOSTA que, primeiro, nenhum leitor novo se interessa.
— Segundo, quando publicam alguma coisa, ENCALHA!
Exatamente porque vocês não querem vender, nem agradar ninguém.
QUEREM FAZER POSE!
Vocês são velhos em MENTALIDADE, em concepção mercadológica e, principalmente, por se juntarem em grupinhos de "mestres", de "bengala"...
— E nã saem disso.
O seu gibi fracassou nas bancas, Tony.
Emir Ribeiro é plagiador descarado dos desenhos do Brian Bolland (eu tenho provas).
— Em compensação, o meu livrinho do Mil Nomes, de uma tiragem de 1610 exemplares, vendeu 70%!
Como é que um merda feito eu, que não sou de turminha nenhuma, de grupinho nenhum e que tenho NOJO desse tipo de badalação...
— Consegue VENDER e AGRADAR AO LEITOR, e os "mestres" estão aí, na obscuridade, no fracasso?
— Vai dizer que sou amigo das "máfias" que controlam as bancas e editoras, é, cambada de viados?
— Eu sou detestado POR TODO MUNDO...
Menos pela pessoa que mais importa.
— O LEITOR!
E é exatemente esse que vocês regenam, daí tomam tudo no cu.
Sinceramente, quero que vocês morram logo de uma vez.
É muita burrice numa carcaça só, pelamor de deus!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.milmomes.com
Kamen Rider
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 1529
Data de inscrição : 19/09/2010

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Sab 18 Dez - 0:37

http://tonyfernandespegasus.blogspot.com/2010/12/o-entrevistado-de-hoje-esta-na-briga.html

Citação :
Lorde Lobo disse...

Antes de qualquer coisa, devo deixar registrado ao Tony os meus parabéns pela belíssima - e longa - entrevista com este que é, certamente, o maior exemplo de luta em prol dos quadrinhos nacionais do gênero super-heroico.
Gostar ou não do trabalho do Emir é um fato tão pequeno... bastaria RESPEITAR a carreira deste homem!
Apendi muito com Emir, tanto por meio de suas produções quanto em nossos diálogos via e-mail.
Emir e Tony, parabéns a vocês!
Quisera eu, um dia, chegar a fazer metade do que vocês já fizeram em prol das HQBs!!!
Abraços!
Picard Besouro Besouro Besouro

_________________
"Quando ouço falar da cultura brasileira, já saco meu rolo de papel higiênico"

Olavo de Carvalho.


Compre aqui sua camiseta de tokusatsu

http://www.vitrinepix.com.br/clockup
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://clock-up.forum-livre.com
B.K.
Passageiro do Den Liner
avatar

Mensagens : 631
Data de inscrição : 19/09/2010
Idade : 53
Localização : Entre os seios de sua mãe!

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Sab 18 Dez - 1:15

Ou seja, o Bode Bobo assume que é tão imprestável e sem noção quanto todos aqueles velhotes imbecis!

Que desgraça, mano!
Que desgraça!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.milmomes.com
Fábio Leite
Sexto Power Ranger
avatar

Mensagens : 361
Data de inscrição : 19/09/2010
Localização : Longe, Muito Longe

MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   Ter 21 Dez - 23:30

É... tá maus. Otimismo de cu é minha rola.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.formspring.me/milkoflove
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Quadrinhos Nacionais   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Quadrinhos Nacionais

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 5 de 33Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 19 ... 33  Seguinte

Permissão deste fórum:Você pode responder aos tópicos neste fórum
Clock Up :: Principal :: Chupa CQB-
Novo Tópico   Responder ao tópico
Forumeiros.com | © phpBB | Fórum grátis de ajuda | Fale conosco | Assinalar uma queixa | Fórum grátis