Gibis, tokusatsus, cinema e cultura pop em geral
 
InícioInício  Blog  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  

Compartilhe | 
 

 Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte
AutorMensagem
Fábio Leite
Sexto Power Ranger
avatar

Mensagens : 361
Data de inscrição : 19/09/2010
Localização : Longe, Muito Longe

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Ter 3 Maio - 16:39

Citação :
Palhaçada gay contra o Mackenzie

Julio Severo | 18 Novembro 2010

Mas os adoradores do ânus nunca testariam a paciência e tolerância islâmica fazendo palhaçadas contra as mesquitas.


Eu sou adorador de ânus femininos, e daí?

Concordo com o Murramédi: não sou contra VEADOS, o cara quer dar o cu, O CU, que dê, mas não tenho a obrigação de achar que isso é bonito.

E esse Júlio Severo só fala merda.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.formspring.me/milkoflove
Svarog
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 861
Data de inscrição : 12/10/2010

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Ter 3 Maio - 23:46

No Brasil e em muitos outros paise,s assistimos a sacralizacao do CU, dar o rabo é algo sagrado e inquestionavel quem o fizer, logo é taxado de homofobico, nazista e outros ismos e istas. Engraçado ver estes grupelhos pedindo "respeito", "aceitação", "liberdade" quando os mesmos não o fazem.
E preparem-se que logo mais teremos o "bolsa gay" isso mesmo, já está rolando um projeto para reserva de vagas, escolas especiais (como a de Campinas) e outras maravilhas para os pobres e oprimidos homossexuais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kamen Rider
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 1528
Data de inscrição : 19/09/2010

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Sab 7 Maio - 17:50

Bolsonaro: próximo passo será legalização da pedofilia

“O próximo passo será a adoção de crianças por casais homossexuais e a legalização da pedofilia”, disse ontem o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) ao comentar a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que reconheceu a união estável entre homossexuais. Para ele, o STF fez um “julgamento político”. “O Supremo extrapolou. Quem tem de decidir isso é o Legislativo, com a sanção do Executivo. Agiu por pressão da comunidade homossexual e do governo. Unidade familiar é homem e mulher.”

Bolsonaro afirmou que proíbe o seu filho de 3 anos de brincar com crianças criadas por gays. “Eu não quero que o meu filho menor vá brincar com o filho adotivo de dois homossexuais. Não deixo. Não quero que ele aprenda com o filho do vizinho que a mamãe usa barba, que isso é normal. Não vou deixá-lo nessas companhias porque o futuro do meu filho também será homossexual”, disse o deputado. “Vão dizer que estou discriminando e estou, sim.”

Indagado sobre o teor de suas declarações, Bolsonaro atacou o Projeto de Lei 122, que prevê a criminalização da homofobia, e sugeriu que, caso ele seja aprovado, será “mais fácil se livrar de um homicídio do que de uma discriminação homofóbica”. “Se ser homofóbico é defender as crianças nas escolas, defender a família e a palavra de L\'os, pode continuar me chamando de homofóbico com muito prazer, pode me dar o diploma de homofóbico”, declarou. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
http://br.noticias.yahoo.com/bolsonaro-pr%C3%B3ximo-passo-ser%C3%A1-legaliza%C3%A7%C3%A3o-pedofilia-134100604.html

_________________
"Quando ouço falar da cultura brasileira, já saco meu rolo de papel higiênico"

Olavo de Carvalho.


Compre aqui sua camiseta de tokusatsu

http://www.vitrinepix.com.br/clockup
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://clock-up.forum-livre.com
Mohamed
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 1077
Data de inscrição : 19/09/2010
Idade : 42
Localização : Centro da Terra

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Sab 7 Maio - 23:05

Segundo estudos que eu vi, embora não possa confirmar a fonte, a maioria dos casos de pedofilifa eram executados por homossexuais.
Ou seja, o pedófilo, na maioria das vezes é homossexual.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.formspring.me/Moh4med
Fábio Leite
Sexto Power Ranger
avatar

Mensagens : 361
Data de inscrição : 19/09/2010
Localização : Longe, Muito Longe

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Sab 7 Maio - 23:59

Citação :
Bolsonaro: próximo passo será legalização da pedofilia

“O próximo passo será a adoção de crianças por casais homossexuais e a legalização da pedofilia”, disse ontem o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ)

[...]

ser homofóbico é defender as crianças nas escolas, defender a família e a palavra de L\'os


Esse bolsonaro pode ser até interessante por falar o que pensa sem papas na língua mesmo e foda-se. Tá certo, tem mais é que meter a boca sem ser detonado por isso.

O problema é que ele só fala merda. Legalização da pedofilia, Rainha dos Baixinhos que pariu.

E olha a porra da mensagem religiosa ali ó, no meio. Se foder.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.formspring.me/milkoflove
Svarog
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 861
Data de inscrição : 12/10/2010

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Dom 8 Maio - 14:10

Nao é que a pedofilia será o proximo passo, como tem nego inocente o povao realmente tá a margem de tudo. A discussao sobre pedofilia já rola a mais de 10 anos no ambito academia o chefao do movimento gay Luiz Mott tem toda sua producao academica centrada nisto, artigos e mais artigos. Leiam os artigos "Meu Moleque Idea"l ou entao "Pedofilia Já".
Isso é pura enganharia social o mesmo que rolou com o homossexualismo tb rolará com a pedofilia é só questao de tempo. As discussoes iniciam-se no ambito academia, assim como comecou a respeito do homossexualismo e depois vai decaindo nos demais setores da sociedade e a partir do momento que ganha-se destaque de inquestionavel, natural e "bacana" pela grande midia ai já era mesmo.
Na Holanda já rolou isso a uns 5 anos atras tanto é que existem ate partidos pro-pedofilia por la. E nao é o unico pais europeu a sofrer fortes pressoes para que tais movimentos, ONGS, partidos politicos com estas finalidades apareçam.
Dou no maximo 5 anos pra surgirem segmentos sociais (grupelhos) no brasil pro-pedofilia. Os principais articulistas do movimento gay como Luiz Mott, Leo Mendes e a chefona do movimento lesbico buscam "n" explicacoes pra pedofilia ter sinonimo de "opcao sexual respeital" e "inerente ao ser humano".
Aguardem
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mohamed
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 1077
Data de inscrição : 19/09/2010
Idade : 42
Localização : Centro da Terra

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Seg 9 Maio - 9:47

Na Austrália estão votando direitos para nada menos que "gêneros":

Transgênero, trans, transexual, intersexo, agênero, andrógino, cross dresser (tipo o Laerte), drag king, drag queen, gênero fluído, genderqueer, intergênero, neutrois, pansexual, pan-gênero, terceiro gênero, terceiro sexo, sistergirl e brotherboy.

"neutrois" não é shampoo condicionador?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.formspring.me/Moh4med
Crocodilo
Filho do Sol
avatar

Mensagens : 417
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 30

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Seg 9 Maio - 13:55

Já que esse tópico tá desviando o rumo pra falar sobre pedofilia, uma coisinha


Esse lançe sobre Pedofilia é um tanto equivocado

Nada a ver que está tendo nos últimos anos um mar pró-pedofilia, é justamente o contrário!
Existe é um caça as bruxas absurdo pregado principalmente pelos líderes religiosos, criando o mito que crianças são puras e castas igual a o Menino L\'os,
quando antes era normal nossas tias, avós se casarem e até ter filhos cedo sem problema nenhum.


Muitos hoje se engajam nesse lançe de defender o ato não necesariamente por serem pedófilos e sim pra freiar essa histeria malta-datenismo.

Lá pros anos 70 existia empresas como a ColorClimax Corporation que produzia filmes pornos com crianças legalmente.
Como disse antes era e ainda é comum pessoas se casarem e ter filhos mesmo sendo menores de idade, minha madrinha de batismo mesmo
se casou aos 15 teve seu primeiro filho com 16 e tá muito bem até hoje com o meu tio.
Minha outra tia com 13 começou a dar pro meu tio que era jogador de futebol e até hoje tão juntos casados com filhinhas felizes da vida.


Já hoje em dia o cara não pode reparar naquela moçinha gostosa de 15 anos que o cara é chamado de "Pedófi".
Se uma cara apresentar uma playboy pro seu sobrinho logo o tio se torna um "Pedófi".

Se um moleque de 12 brincar de médico com sua prima(ou primo) da mesma idade, (quem nunca fez isso na vida?) também pode ser enquadrado como "Pedófi". Sim, isso aconteçe, por mais absurdo que seja.

Mesmo um cara que namora com uma de menor emancipada, é mal visto... É um "Pedófi"

Em suma: Se quiser acabar com o cara que você odeia, diga pra todo mundo que ele é "Pedófi", que aí ele vira um Paira...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Crocodilo
Filho do Sol
avatar

Mensagens : 417
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 30

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Seg 9 Maio - 13:58

Citação :
Pedofilia: a verdade por trás dos mitos.
Isaias Medeiros

Introdução

Recentemente, publiquei um texto intitulado “Faz sentido falar em combate à pedofilia em pleno século XXI?”, no qual eu criticava a hipocrisia da sociedade contemporânea em tentar combater através da “caça aos pedófilos” os sintomas de uma problemática bem mais complexa e cuja responsabilidade é inteiramente sua: a erotização infanto-juvenil e suas consequências. Entretanto, ao me deparar com uma enorme quantidade de comentários agressivos, que invocavam velhos jargões reducionistas, percebi o quanto determinadas pessoas necessitam de informações mais realistas e menos “industrializadas” sobre o assunto.

Pensando nisso, fiz o meu dever de casa e estudei diversos artigos acadêmicos e informais a respeito de crimes sexuais, história da infância, direito, história da sexualidade e pedofilia para poder oferecer aos caros leitores este pequeno guia contendo importantes informações a respeito do que NÃO é a pedofilia, ou seja, mostrando 7 dos grandes mitos que cercam este que é um dos últimos tabus da humanidade e dificultam a sua verdadeira compreensão.

“Se fôssemos avaliar a gravidade de um problema psicológico com a atenção que a mídia popular dá a ele, teríamos de concluir que o mundo moderno está no meio de uma epidemia de abuso sexual infantil”. (J. Feierman)

MITO 1: TODO ABUSADOR DE CRIANÇAS É UM PEDÓFILO.

Utilizar o termo “pedófilo” para se referir genéricamente a estupradores e outras pessoas que cometem violências contra menores é um equívoco, pois estima-se que apenas cerca de 2 a 10% dos que praticam crimes sexuais contra crianças sejam clinicamente pedófilos, isto é, indivíduos que sentem atração sexual primária por crianças pré-púberes ou no início da puberdade. Todos os outros 90 a 98% são agressores sexuais comuns, que procuram crianças por motivos como estresse, dificuldades conjugais ou ausência de um parceiro adulto.

O agressor sexual comum vê a criança apenas como uma fonte de prazer secundária e descartável. Os indivíduos com este perfil na verdade deveriam ser chamados de “pedófobos”, pois parecem odiar as crianças. São eles os que mais praticam violências contra os menores e na maioria das vezes é neles que as pessoas realmente estão pensando quando dizem sentir raiva ou nojo dos “pedófilos”.

MITO 2: CRIANÇAS ABUSADAS TORNAM-SE ADULTOS ABUSADORES.

Ao contrário do que diz o senso-comum, a grande maioria das crianças que sofrem abusos não se tornam molestadores quando adultos, tampouco a maioria dos infratores adultos relatam terem sofrido abuso sexual na infância. De acordo com o “US Government Accountability Office”, “a existência de um ciclo de abuso sexual não foi estabelecida.”

Trabalhos recentes com casos documentados de abuso sexual infantil procuraram determinar a percentagem de crianças que se tornaria infratora e concluiram que a teoria do ciclo de violência não constitui uma explicação satisfatória para o comportamento pedófilo.

MITO 3: POUQUÍSSIMOS ADULTOS SENTEM ATRAÇÃO SEXUAL POR CRIANÇAS.

Estudos afirmam que ao menos um quarto (25%) de todos os adultos do sexo masculino podem apresentar alguma excitação sexual em relação a crianças. Hall, G. C. N. da Universidade Estadual de Kent constatou que de 80 homens adultos observados, 32,5% deles exibiram desde alguma excitação sexual até estímulo pedofílico heterossexual, igual ou maior do que a excitação obtida através de estímulos sexuais adultos. Para Kurt Freund, “homens que não possuem preferências desviantes mostraram reações sexuais positivas em relação a crianças do sexo feminino entre seis e oito anos de idade”.

Em outra pesquisa sobre pedofilia realizada em 1989 por Briere e Runtz com 193 estudantes universitários, 21% afirmaram sentir atração sexual por algumas crianças, 9% disseram ter fantasias sexuais com crianças, 5% confessaram que se masturbavam pensando nestas fantasias e 7% não descartariam a hipótese de se relacionar sexualmente com uma criança, se conseguissem manter isso em segredo e não serem presos. Considerando a dificuldade de se responder sobre um tema tão socialmente estigmatizado, os autores supõem que as taxas atuais sejam ainda maiores.

MITO 4: MULHERES NÃO ABUSAM SEXUALMENTE DE CRIANÇAS

Conforme nos explica a sexóloga, psicoterapeuta e especialista em sexualidade humana pela FMUSP, Dra. Magda Gazzi, “existem pesquisas que nos sugerem que 20 a 25% dos casos de ASC [Abuso Sexual em Crianças] são cometidos por mulheres. As crianças abaixo de 5 anos são as que mais correm riscos de serem abusadas por mulheres, segundo a pesquisa. Esses abusos geralmente não são detectados devido a pouca idade das crianças e também porque algumas atividades sexuais são conduzidas em torno de práticas de higiene comuns ao dia-a-dia das crianças. A realidade é que algumas mulheres abusam de seu poder sobre as crianças e da sua facilidade de cuidadora, e podem sim fazer isso de maneira sexual”.

MITO 5: PEDOFILIA É CRIME.

Como lembra o conceituado jurista Bismael B. Moraes, “diz a Constituição Federal, no art. 5º, inciso XXXIX, que ‘não há crime sem lei anterior que o defina, nem pena sem prévia cominação legal’. Essa regra da anterioridade da lei é repetida no art. 1º do Código Penal Brasileiro. Portanto, não existe pedofilia como crime, nem no Código Penal, nem no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), mesmo na recente alteração”. (http://www.mail-archive.com/penal@grupos.com.br/msg02545.html)

O que é legalmente punível são alguns atos comumente associados à pedofilia, tais como o estupro (art. 213 do Código Penal) e o atentado violento ao pudor (art. 214 CP), agravados pela presunção de violência prevista no art. 224, “a”, do CP.

MITO 6: NA MAIORIA DOS CASOS HÁ USO DE VIOLÊNCIA FÍSICA.

Segundo J. Feierman, “coerção física é rara em casos de interação sexual entre adultos e menores. Na verdade, o comportamento sexual de adultos com crianças e adolescentes não é associado à violência e brutalidade sexual mais do que o comportamento sexual adulto/adulto”.

MITO 7: CRIANÇAS SÃO ASSEXUADAS E “PURAS”.

O conceito idealizado da criança como depositária de toda a inocência, pureza e bondade do mundo em oposição ao adulto mau e corrompido pelo pecado tem sua origem na analogia feita pela Igreja Católica entre a figura do “Menino L\'os” e a das crianças, durante a Idade Média. Naquela época, o sexo era visto como algo “sujo”, indecente e “pecaminoso”. Portanto, as crianças eram consideradas “puras” e “angelicais”, pois acreditava-se que elas fossem assexuadas, isto é, que não possuissem libido.

O filósofo Paulo Ghiraldelli Júnior nos mostra que Rousseau veio depois a consolidar filosoficamente esta mentalidade: “...foi ele [Rousseau] quem destituiu o poder de Descartes e Locke de dizer algo sobre a infância e a pedagogia. [...] Seu conceito de infância se tornou o conceito de infância par excelence. Com ele, as crianças viraram anjos indefesos, que precisavam continuar em estado de natureza, puras, protegidas por redomas de vidro.”

Somente no início do século XX é que iria surgir o pai da psicanálise, Sigmund Freud, chocando a sociedade vienense e afirmando que a criança possui sexualidade desde o seu nascimento. Nas palavras do psiquiatra Domingos Paulo Infante: “Freud descortinou o mundo da infância e fez explodir da inocência paradisíaca toda uma ‘perversidade poliforma’”.

Conclusão

Não obstante todas as informações contidas neste trabalho no intuito de desfazer alguns dos principais mitos perpetuados na sociedade a respeito da pedofilia, nada disto significa que não haja impedimentos reais para adultos se relacionarem com crianças. É imprescindível que a dignidade humana das crianças e adolescentes seja sempre preservada e que haja mecanismos legais para coibir e punir todas as formas de violência praticadas contra elas ao redor do mundo.

Todavia, também é preciso ficarmos alerta à maneira com que muitas pessoas lidam com a questão dos pedófilos para que não repitamos a mesma forma de pensar que no passado foi usada pelos nazi-fascistas para fazerem uma “limpeza” na sociedade e eliminarem todos aqueles que eram considerados “indesejáveis” ou “sub-humanos”.



http://www.preguicamental.com/2011/02/pedofilia-verdade-por-tras-dos-mitos.html
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Crocodilo
Filho do Sol
avatar

Mensagens : 417
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 30

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Seg 9 Maio - 14:02

Citação :
É crime a pornografia feita por adolescentes?


Se por um lado temos leis rígidas (e necessárias) para punir os exploradores sexuais de crianças e adolescentes, por outro temos adolescentes que não fazem nenhuma questão de serem “protegidos”. Ao contrário, muitos deles atualmente produzem, divulgam e distribuem material erótico e pornográfico próprio: o chamado “sexting”. Se antes havia sempre a figura de um adulto inescrupuloso que os explorava sexualmente para satisfação própria ou de outros adultos, hoje são os adolescentes que têm se transformado em “estrelas” dos seus próprios vídeos e álbuns fotográficos amadores.

No sexting praticado por adolescentes não existe a participação de adultos. São eles que, sozinhos e utilizando as ferramentas tecnológicas disponíveis, expõem toda a sua intimidade na internet. Houve casos em que pais surpreenderam suas filhas exibindo-se sensualmente em webcams. Álbuns do Foro de São Paulo são pródigos em imagens de sexting. Às vezes, vídeos de adolescentes praticando sexo dentro de colégios, filmados por celulares, chegam ao conhecimento da mídia. Segundo uma pesquisa, 22% das jovens entre 13 e 19 anos têm fotos nuas ou seminuas na internet.

(BAIXAR VÍDEO DE ADOLESCENTES/NINFETAS/LOLITAS/NOVINHAS FAZENDO SEXO ORAL DENTRO DO COLÉGIO +18)

Todos sabemos que é crime um adulto produzir/distribuir/divulgar/etc. pornografia envolvendo menores. Mas, e quando a pornografia é produzida pelos próprios adolescentes, é crime ou não? A princípio, a lei garante que pessoas maiores de 14 anos (idade do consentimento legal) podem manter relações sexuais consensuais com quem desejarem, salvaguardadas as restrições legais. Se é verdade que qualquer adolescente dessa idade pode transar com quem quiser, então por que não poderia também filmar ou fotografar estes atos? E, podendo fazer isso, o que o impediria de postar este material na internet? A argumentação lógica poderia ser colocada da seguinte forma:

* Premissa 1: Pessoas que têm o direito de fazer sexo também têm o direito de filmar ou fotografar seus atos sexuais e divulgá-los;

* Premissa 2: Pessoas maiores de 14 anos têm o direito de fazer sexo;

* Conclusão: Pessoas maiores de 14 anos têm o direito de filmar ou fotografar seus atos sexuais e divulgá-los.


Entretanto, a lei diz que a posse desse tipo de pornografia é crime. E quais são as premissas que o Estado utiliza para tal proibição? Por exemplo, o fato histórico de que todo material erótico ou pornográfico com menores era produto de abuso ou exploração sexual. Não obstante, hoje uma adolescente pode espontaneamente fazer um “ensaio erótico” e postá-lo na internet para ser baixado por quem quiser. Note que neste caso o conteúdo teria sido produzido sem que a menor tivesse sido forçada por alguém.

Pelo exposto acima concluímos que, aparentemente, um adolescente pode até produzir o sexting, pois a legislação específica falha ao ignorar este tipo de situação que é cada vez mais comum, mas este não pode ser consumido por ninguém. Para todos os efeitos legais, a Justiça tem acabado por colocar o sexting - que, para o bem ou para o mal, é uma expressão da sexualidade dos adolescentes - e a pornografia de menores produzida por adultos como sinônimos.Ou seja: é crime!

http://www.preguicamental.com/2011/05/e-crime-pornografia-feita-por.html
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mohamed
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 1077
Data de inscrição : 19/09/2010
Idade : 42
Localização : Centro da Terra

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Seg 9 Maio - 15:54

Cara.
Vi uma investigação no Discovery tem muitos anos.
Mas me chocou.
O pedófilo era um cara grandão. Tipo uns 90kg pra mais. Pegou um moleque de 10 anos e bombou tanto no cu do moleque que ele morreu.
Chegou a sair cérebro pelos ouvidos do moleque, de tanta pressão que o corpo do menino levou debaixo do gorila doente mental.

Você se apaixonar por uma menida de 14 anos e se casar com ela, é uma coisa.
Esse exemplo citado acima é outra, completamente diferente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.formspring.me/Moh4med
Crocodilo
Filho do Sol
avatar

Mensagens : 417
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 30

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Seg 9 Maio - 18:57

Mohamed escreveu:
Você se apaixonar por uma menida de 14 anos e se casar com ela, é uma coisa.
Esse exemplo citado acima é outra, completamente diferente.

Pois é, mas pra esses demagogos que tão no poder influenciando a opinião pública colocam tudo no mesmo balaio.

Meu pai, que trabalhou por anos na polícia civil, diz que as queixas que mais tinha envolvendo sexo, era pai estuprando suas filhas, trafico de novinhas(muito comum aqui no NE)
e que poucas vezes tinha caso de pederastra tarado. Esse lançe de que gay tende mais a ser pedófilo que o hétero é sensacionalismo de igreja.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kamen Rider
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 1528
Data de inscrição : 19/09/2010

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Sex 13 Maio - 9:26



Jair Bolsonaro lança panfleto contra kits anti-homofobia que vão ser distribuídos pelo MEC

RIO - Depois de várias polêmicas travadas com o movimento gay, o deputado federal do Rio de Janeiro, Jair Bolsonaro (PP), colocou à disposição, em seu site, um panfleto que critica o plano nacional que defende os direitos homossexuais. Logo na capa do manifesto, há a seguinte exclamação: "querem, na escola, transformar seu filho de 6 a 8 anos em um homossexual". Segundo o deputado, já foram impressas 50 mil cópias do panfleto. Bolsonaro explica que metade delas foi distribuída para "assessores e pessoas próximas" ligadas a escolas públicas para que sejam repassadas a professores e pais de alunos.

- Não posso escrever essas coisas (homossexualidade) para crianças. Se o governo não tem esse cuidado, eu tenho - disse ao GLOBO.

Bolsonaro diz ter gastado R$ 5.400 com a impressão dos panfletos. Ele informou que fez, nesta quarta-feira, uma consulta à Câmara para que a despesa seja incluída na sua verba de gabinete. Posteriormente, promete pedir reembolso:

- O governo está gastando milhões com esse kit gay, e ninguém questiona. Por que vão questionar então o meu pedido de reembolso? Se a Câmara disser não, acho que é censura, mas arco (com a despesa). Essa é a minha atividade parlamentar.

A apresentação da cartilha informa: "Ilustríssimos senhores e senhoras chefes de família, apresento alguns dos 180 itens deste que chamo Plano Nacional da Vergonha, onde meninos e meninas, alunos do 1º grau, serão emboscados por grupos homossexuais fundamentalistas, levando a mensagem de que ser gay ou lésbica é motivo de orgulho para a família brasileira".

MEC vai distribuir kit anti-homofobia em 6.000 escolas públicas

O governo federal confirmou nesta quarta-feira que vai distribuir, já no segundo semestre, o kit escolar para combater a violência contra gays. Chamado de Escola sem Homofobia, o kit será enviado para 6.000 colégios públicos do país. Bolsonaro teme que este material estimule a homossexualidade e até a pedofilia.

O kit (e seu conteúdo) tem fomentado discussões acaloradas. Um dos vídeos - "Encontrando Bianca", que conta a história de uma transexual - vazou no Youtube e, com ele, porções de comentários contrários, que chegam à homofobia. O assunto também foi foco do Congresso Nacional, depois que deputados contrários ao material o apelidaram de "kit gay", argumentando que ele estimularia a prática homossexual entre os adolescentes.

O objetivo do kit do governo é ensinar os estudantes a aceitar as diferenças e evitar agressões e perseguições a colegas que assumem a homossexualidade. Dirigido a professores e alunos do ensino médio, em geral com 14 a 18 anos, o material contém vídeos, que tratam de transexualidade, bissexualidade e de namoro gay e lésbico.
http://oglobo.globo.com/pais/mat/2011/05/11/jair-bolsonaro-lanca-panfleto-contra-kits-anti-homofobia-que-vao-ser-distribuidos-pelo-mec-924432972.asp

_________________
"Quando ouço falar da cultura brasileira, já saco meu rolo de papel higiênico"

Olavo de Carvalho.


Compre aqui sua camiseta de tokusatsu

http://www.vitrinepix.com.br/clockup
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://clock-up.forum-livre.com
Kamen Rider
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 1528
Data de inscrição : 19/09/2010

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Sex 13 Maio - 9:39


_________________
"Quando ouço falar da cultura brasileira, já saco meu rolo de papel higiênico"

Olavo de Carvalho.


Compre aqui sua camiseta de tokusatsu

http://www.vitrinepix.com.br/clockup
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://clock-up.forum-livre.com
Fábio Leite
Sexto Power Ranger
avatar

Mensagens : 361
Data de inscrição : 19/09/2010
Localização : Longe, Muito Longe

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Ter 17 Maio - 23:09

São tópicos e comentários assim que fazem o Clock UP valer a pena. Aposto que um assunto desses no MBB ia ser pautado por gracinhas e piadinhas nerdzz

Só o cara do vídeo que o ráider postou é que é esquisito. Achar Reinaldo Azevedo brilhante é foda.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.formspring.me/milkoflove
Kamen Rider
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 1528
Data de inscrição : 19/09/2010

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Qua 18 Maio - 7:24

Até o BK já gostou do Reinaldão, da um desconto.

_________________
"Quando ouço falar da cultura brasileira, já saco meu rolo de papel higiênico"

Olavo de Carvalho.


Compre aqui sua camiseta de tokusatsu

http://www.vitrinepix.com.br/clockup
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://clock-up.forum-livre.com
Crocodilo
Filho do Sol
avatar

Mensagens : 417
Data de inscrição : 20/09/2010
Idade : 30

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Qua 18 Maio - 13:45

Reinaldo Azevedo e relativos até falam algumas coisas interessantes. O que fode é a bitolaçao política principalmente dos seus fãs...

Olhem por exemplo a comunidade do Olavo de Carvalho.. puts! A galerinha da "HQ em foco" mesmo são fãs de carteirinha do véio... Tão ao ponto de colocar Silas Malafaia como seu novo guru!
Ah para o
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mohamed
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 1077
Data de inscrição : 19/09/2010
Idade : 42
Localização : Centro da Terra

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Qua 18 Maio - 21:10

Fábio Leite escreveu:
São tópicos e comentários assim que fazem o Clock UP valer a pena. Aposto que um assunto desses no MBB ia ser pautado por gracinhas e piadinhas nerdzz
E se fosse no Miolos, tava todo mundo aplaudindo a bixarada.
E quem postasse qualquer coisa contra, teria o post deletado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.formspring.me/Moh4med
Kamen Rider
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 1528
Data de inscrição : 19/09/2010

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Qua 25 Maio - 22:32

Citação :
Religiosos pressionam e Dilma suspende "kit anti-homofobia" para escolas

Brasília, 25 mai (EFE).- A presidente Dilma Rousseff determinou nesta quarta-feira a suspensão da elaboração do "kit anti-homofobia", um material sobre a homossexualidade e o combate à homofobia que seria distribuído em escolas públicas e havia gerado protestos de grupos religiosos.

A polêmica sobre esse material cresceu nos últimos dias, sobretudo depois que o Supremo Tribunal Federal decidiu que a união civil entre duas pessoas do mesmo sexo é equivalente à união heterossexual perante a lei. Grupos católicos e evangélicos criticaram a decisão judicial e alertaram sobre projetos que, segundo afirmaram, pretendiam "induzir" os adolescentes que estudam em escolas públicas à homossexualidade.

Na quinta-feira passada o ministro da Educação, Fernando Haddad teve reunião com parlamentares da bancada evangélica e disse que a pasta não fará mudanças no material que compõe os kits de combate a homofobia.

Porém, nessa quarta-feira o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, disse que o governo entendeu que "seria prudente não editar esse material". Carvalho explicou que Dilma tomou sua decisão após conversar sobre o assunto com parlamentares de diversas religiões que criticaram o projeto.

O material estava sendo elaborado por empresas contratadas pelo Ministério da Educação (MEC) e seria distribuído ao final de cursos sobre direitos humanos e minorias que devem ser ministrados para alunos do Ensino Médio de escolas públicas.

Segundo o MEC havia antecipado, o material que estava em preparação incluía vídeos que mostravam como o amor surgia entre dois meninos ou entre duas meninas, além de depoimentos de travestis e transexuais sobre suas vidas e relações amorosas.

Carvalho disse que, após conversar nesta quarta-feira com os parlamentares que se opõem ao projeto, Dilma decidiu ainda que "daqui para frente todo material que versar sobre costumes será feito a partir de consultas mais amplas à sociedade".
http://br.noticias.yahoo.com/dilma-suspende-elabora%C3%A7%C3%A3o-kit-anti-homofobia-escolas-175808443.html

Citação :
Jean Wyllys cobra 'defesa intransigente de Dilma dos Direitos Humanos'

BRASÍLIA - O deputado Jean Wyllys (PSPL-RJ) criticou nesta quarta-feira a decisão da presidente Dilma Rousseff em suspender, após reação negativa das bancadas religiosas, a produção e distribuição de vídeos e cartilhas contra a homofobia, organizados pelos ministérios da Educação e da Saúde. Em nota, o deputado questiona: "onde está a 'defesa intransigente dos Direitos Humanos' que a senhora prometeu quando levou sua mensagem ao Congresso?".

Segundo o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, a presidente considerou o kit anti-homofobia inadequado. Os deputados das bancadas evangélica, católica e da família, ameaçaram obstruir as votações de interesse do governo na Câmara, convocar o ministro da Educação, Fernando Haddad, e apoiar a convocação do ministro da Casa Civil, Antonio Palocci, caso o material fosse distribuídos às escolas.

Para o deputado, a bancada religiosa apresentou à presidente a conta do apoio dado na última eleição.

"A presidenta Dilma sentiu na pele, o que é ser difamada e insultada por discursos de ódio, alimentados por interesses espúrios. Tenho esperança de que a presidenta volte atrás, afinal, votei nela porque acreditava que só uma mulher poderia estender a cidadania aos LGBTs e mulheres em geral", diz o texto.

No entanto, caso a presidente não volte atrás, o parlamentar sugere "ao movimento LGBT e as pessoas de bom senso" que na próxima eleição votem contra Dilma.
http://br.noticias.yahoo.com/jean-wyllys-cobra-defesa-intransigente-dilma-dos-direitos-200200037.html


_________________
"Quando ouço falar da cultura brasileira, já saco meu rolo de papel higiênico"

Olavo de Carvalho.


Compre aqui sua camiseta de tokusatsu

http://www.vitrinepix.com.br/clockup
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://clock-up.forum-livre.com
Mephisto
Aluno do P.S. 118
avatar

Mensagens : 213
Data de inscrição : 21/09/2010
Idade : 28

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Qui 26 Maio - 21:28

Quando eu ouvi a noticia sobre o Bolsonaro ter sido contra a cartilha da homofobia eu fiquei um tanto quanto indignado com o fato de a opnião de uma pessoa ter sido tão execrada, principalmente pela mídia "jovem" (Vulgo MTV). Todo lugar que eu via o nome do jair era execrado, mas eu não consegui ver o por que.

Tudo bem que os homosexuais tem o direito a liberdade deles, mas acho que todo mundo deveria ter o direito de proteger seus filhos de um material desses que na minha opinião pode ser até prejudicial para o desenvolvimento psicologico da criança.

Bom... Mas no final apos um monte de falação... A porra do Kit foi suspenso... Acho que ninguem precisa de kitzinho para saber sua sexualidade não... Acho que isso é so mimimi pra vender mercadoria e ganhar voto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kamen Rider
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 1528
Data de inscrição : 19/09/2010

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Seg 30 Maio - 21:08

Thiago Rodrigues não deixaria seu filho ver vídeo contra homofobia
“Um absurdo! Que me desculpem os xiitas”, escreveu o ator no Twitter

Após a polêmica envolvendo o kit anti-homofobia, que foi proibido pela presidente Dilma Roussef na última semana, o ator Thiago Rodrigues afirmou, na manhã de segunda-feira, 30, que não gostou dos vídeos e que jamais deixaria seus filhos assistirem.

“Esse país está em indo num rumo esquisito demais... Eu assisti ao vídeo contra a homofobia e fiquei chocado! Um absurdo! Que me desculpem os xiitas. Eu não permitiria que meu filho assistisse àquilo. As crianças podem ser educadas de outras maneiras”, escreveu o ator, que é pai de um garoto de 11 anos, no microblog.

Dizendo-se tolerante, Thiago falou que as crianças devem aceitar e respeitar a todos. "Importante mesmo é educar as crianças para que aceitem e respeitem a todos. Mas o MEC devia investir nos professores! Educamos nós em casa, e os professores complementam essa educação! Esse vídeo não tem cabimento...", finalizou.
http://br.omg.yahoo.com/news/thiago-rodrigues-n%C3%A3o-deixaria-seu-filho-ver-v%C3%ADdeo-contra-homofobia-amkb-2011053018525510.html

_________________
"Quando ouço falar da cultura brasileira, já saco meu rolo de papel higiênico"

Olavo de Carvalho.


Compre aqui sua camiseta de tokusatsu

http://www.vitrinepix.com.br/clockup
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://clock-up.forum-livre.com
Mohamed
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 1077
Data de inscrição : 19/09/2010
Idade : 42
Localização : Centro da Terra

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Sex 3 Jun - 19:57

É.... devagarinho, devagarinho, (devagar até demais) tá caindo a ficha no povo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.formspring.me/Moh4med
B.K.
Passageiro do Den Liner
avatar

Mensagens : 631
Data de inscrição : 19/09/2010
Idade : 53
Localização : Entre os seios de sua mãe!

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Ter 7 Jun - 13:41

É tudo uma grande merda que só existe pra nos encher o saco.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.milmomes.com
Clanker
Sobrinho do Tio Patinhas
avatar

Mensagens : 185
Data de inscrição : 23/09/2010

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Ter 7 Jun - 14:46

B.K. escreveu:
É tudo uma grande merda que só existe pra nos encher o saco.

Também concordo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kamen Rider
Imperador Sécular Gorgom
avatar

Mensagens : 1528
Data de inscrição : 19/09/2010

MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    Seg 27 Jun - 20:52

Um discurso da ex-atriz e deputada estadual Myrian Rios (PDT) na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro tem causado polêmica. Em vídeo, postado no YouTube na última sexta-feira (24), Myrian afirma querer ter o direito de demitir uma babá lésbica, pois ela poderia tentar abusar de suas filhas.

"Digamos que eu tenha duas meninas em casa e contrate uma babá que mostra que sua orientação sexual é ser lésbica. Se a minha orientação sexual for contrária e eu quiser demiti-la, eu não posso. O direito que a babá tem de querer ser lésbica é o mesmo que eu tenho de não querer ela na minha casa. Vou ter que manter a babá em casa e sabe L\'os, até, se ela não vai cometer pedofilia contra elas", disse.

A atriz continua com os exemplos. "Se eu contrato um motorista homossexual, e ele tentar, de uma maneira ou outra, bolinar meu filho, eu não posso demiti-lo. Eu quero a lei para demitir, sim, para mostrar que minha orientação sexual é outra", afirmou.

Católica, Myrian Rios se posiciona contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que a orientação sexual em meio aos direitos fundamentais previstos na Constituição do Rio de Janeiro, sendo sua discriminação punível no estado. Veja o vídeo do discurso da ex-mulher de Roberto Carlos.


Em nota divulgada no início da noite desta segunda, Myrian Rios disse ter sido mal interpretada e pediu desculpas por seu discurso. "Repudio veementemente o pedófilo e jamais tive a intenção de igualar esse criminoso com o homossexualismo. Se entenderam desta maneira, peço desculpas", disse no comunicado.
http://br.noticias.yahoo.com/em-discurso-na-alerj--myrian-rios-associa-homossexualidade-a-pedofilia.html

_________________
"Quando ouço falar da cultura brasileira, já saco meu rolo de papel higiênico"

Olavo de Carvalho.


Compre aqui sua camiseta de tokusatsu

http://www.vitrinepix.com.br/clockup
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://clock-up.forum-livre.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Universidade irrita comunidade gay ao se posicionar contra lei anti-homofobia

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 3 de 4Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Clock Up :: Extras :: Butequis-
Forumeiros.com | © phpBB | Fórum grátis de ajuda | Fale conosco | Assinalar uma queixa | Fórum grátis